Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Obtenção de um efluente sintético do processo de branqueamento da indústria de papel e celulose (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOMENTI, THIAGO JOSÉ - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: BRANQUEAMENTO; CELULOSE SULFATO; TRATAMENTO BIOLÓGICO ANAERÓBIO
  • Language: Português
  • Abstract: A necessidade de produção de papel por processo ambientalmente corretos é um grande desafio. A polpa celulósica branqueada gera um dos efluentes mais problemáticos e estudados atualmente. O tipo de efluente na planta de branqueamento é mais importante que a quantidade gerada. O efeito da DBO no corpo receptor desse resíduo não é o principal problema, o problema está na geração dos compostos organoclorados, que estão dissolvidos nesse efluente. Muitas substâncias desse grupo são tóxicas e também podem ter efeitos carcinogênicos e mutagênicos. O estudo desse tipo de efluente em sistemas de tratamento biológico é de extrema importância e é tema de diversos trabalhos científicos. Entretanto, há algumas dificuldades relacionadas com a viabilidade de composição, a obtenção, o manuseio e o armazenamento de amostras desse tipo de efluente em laboratórios de pesquisa. O objetivo desse trabalho foi, portanto, obter um efluente sintético em escala laboratorial, sob condições controladas, que pudesse simular o comportamento de um efluente gerado em uma planta de branqueamento, quando em um sistema de tratamento biológico. Para isso, partiu-se de uma amostra de polpa celulósica não-branqueada e realizou-se a etapa de branqueamento no laboratório sob condições semelhantes às industriais, obtendo-se assim, o efluente desejado, que foi chamado de Efluente Sintético. A comparação foi realizada através da caracterização físico-química deste efluente e de um efluentede uma planta industrial de branqueamento, chamado de Efluente Industrial. Reatores anaeróbios operando em batelada foram utilizados para avaliação do comportamento destes influentes de tratamento biológico. Observou-se que o comportamentos de ambos os efluentes pôde ser considerado semelhante. A avaliação foi feita através do acompanhamento da produção de gás metano e eficiências de remoção de DQO e AOX
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EESC31100036981TESE 3813
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOMENTI, Thiago José; PIRES, Eduardo Cleto. Obtenção de um efluente sintético do processo de branqueamento da indústria de papel e celulose. 2002.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-24112016-144428/pt-br.php >.
    • APA

      Momenti, T. J., & Pires, E. C. (2002). Obtenção de um efluente sintético do processo de branqueamento da indústria de papel e celulose. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-24112016-144428/pt-br.php
    • NLM

      Momenti TJ, Pires EC. Obtenção de um efluente sintético do processo de branqueamento da indústria de papel e celulose [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-24112016-144428/pt-br.php
    • Vancouver

      Momenti TJ, Pires EC. Obtenção de um efluente sintético do processo de branqueamento da indústria de papel e celulose [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18138/tde-24112016-144428/pt-br.php