Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelo de segurança para redes Ad-Hoc (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RUGGIERO, WILSON VICENTE - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PCS
  • Subjects: SEGURANÇA DE REDES
  • Language: Português
  • Abstract: A evolução das redes de computadores e da Internet em especial tem sido muito rápida e produzido enormes avanços não só nos aspectos tecnológicos como econômicos e porque não sociais. As características dos serviços world wide web da Internet associadas a ubiqüidade da teia mundial produziu um enorme impulso na prestação de serviços on-line e na disponibilização de informações para a sociedade em geral. Este cenário, onde novos paradigmas surgem para reformular antigos conceitos e permitir que a sociedade possa usufruir adequadamente dos avanços tecnológicos, tem provocado profundas mudanças na forma como as pessoas e as entidades interagem entre si. O advento das comunicações sem o fio intensificou ainda mais este efeito. Dentro do ambiente da teia mundial, com a capacidade de comunicação sem fio e a conseqüente mobilidade resultante, pode-se imaginar a amplificação do conceito de "a qualquer instante e em qualquer lugar". Os usuários nessas redes terão uma característica mais dinâmica, podendo surgir ou desaparecer da rede por simplesmente saírem ou entrarem no raio de alcance das comunicações sem fio. Num ambiente onde se realizam transações comerciais envolvendo um número muito grande de participantes que possam se conectar à rede através de um canal de acesso sem fio ou de uma rede Ad-Hoc, as características de mobilidade, ubiqüidade e dinamismo determinam uma comunidade incerta e desconhecida de possíveis participantes ouobservadores dos fatos e ações pertinentes as transações sendo realizadas. O dinamismo que permite aos usuários estarem presentes ou ausentes, ou que visitantes desejados e conhecidos ou estranhos e indesejados, possam estar em condições de observar ou mesmo tentar participar das transações sendo realizadas, torna este ambiente extremamente desafiador para a garantia da segurança da informação. ) Dentro deste cenário é que se posiciona este trabalho cujo objetivo é a definição de um modelo de segurança para redes Ad-Hoc que contemple variações temporais naturais nas relações de confiança entre seus participantes. Associado a este modelo define-se uma arquitetura de segurança que identifica todas as entidades, relacionamentos, mecanismos, protocolos e serviços necessários para se constituir um ambiente seguro para redes Ad-Hoc. A característica diferenciadora do modelo de segurança proposta neste trabalho é a forma como os aspectos dinâmicos associados à mobilidade são introduzidos e tratados naturalmente dentro de um cenário de aquisição gradual de confiança ou de um processo interativo de distribuição dessa confiança adquirida. Para se verificar a adeqüabiblidade dos conceitos introduzidos pelo modelo dinâmico de segurança são especificadas algumas aplicações seguras típicas para o ambiente doméstico. Tais aplicações estão em estágio de implementação já que a análise de seus requisitos mostrou a total aplicabilidade do modelo utilizado. Uma outracaracterística associada ao modelo é a sua compatibilidade com o ambiente de programação da linguagem Java e o seu modo atual de tratamento de segurança. A solução proposta deve ser encarada como uma extensão essencial ao modelo de segurança Java para adequá-lo ao ambiente de redes Ad-Hoc.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 05.06.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPEL31500011429FT-1682
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RUGGIERO, Wilson Vicente. Modelo de segurança para redes Ad-Hoc. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Ruggiero, W. V. (2002). Modelo de segurança para redes Ad-Hoc. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ruggiero WV. Modelo de segurança para redes Ad-Hoc. 2002 ;
    • Vancouver

      Ruggiero WV. Modelo de segurança para redes Ad-Hoc. 2002 ;