Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeito do envelhecimento do ornismo aceptor nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de membrana de placa óssea de rato (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ZANATTO, ROGERIO - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RBI
  • Subjects: BIOQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho foi desenvolvido com o objetivo de caracterizar cineticamente a fosfatase alcalina de placa óssea de ratos pé-púberes E adultos. A afinidade (K0,5) da enzima de ratos pé-púberes (RP) pelo PNFF é similar à de ratos adultos (RA), independentemente da presença dos Íons magnésio. Entretanto, a atividade específica de RP (V= 441,0 U/mg) foi significativamente maior que a de RA (V= 292,0 U/mg). Os Íons magnésio apresentaram efeitos de estimulação diferentes sobre a atividade PNFFase da fosfatase alcalina, dependendo da idade do animal receptor. Nesse caso, embora a hidrólise do PNFF obedeça uma cinética "Michaeliana", independentemente da idade do animal, a atividade específica de RP foi da ordem de 446 U/mg, enquanto que a de RA foi de 316 U/mg, aproximadamente 30% menor. A afinidade aparente (K0,5 = 63 uM) RP pelo substrato também foi significativamente menor que a de RA (K0,5 = 219 uM). Independentemente da idade do animal, a atividade PNFFase foi totalmente inibida por teofilina 5 mM.Diferentemente do PNFF, a hidrólise de ATP em pH 7,5 sempre ocorreu através de duas famílias de sítios de hídrólise, independentemente da idade do organismo receptor. No caso de RP, V foi de 459,8 U/mg enquanto no caso de RA V foi de apenas 320,6 U/mg. Para os sítios de alta afinidade RP e RA apresentaram V muito parecidas, 219,0 e 262,0 U/mg, respectivamente. Entretanto, enquanto que para RP foram observadas ínterações sítio-sítio (n= 1,5), RA hidrolisou o ATPatravés de cinética "Michaeliana". Para ambos animais, os valores de K0,5 em relação aos sítios de alta afinidade pelo ATP foram similares (24 uM e 62 uM para RP e RA, respectivamente). Já para os sítios de baixa afinidade os resultados foram diferentes. Embora efeitos de cooperatividade tenham sido observados para ambos animais, a atividade específica de RP (V= 240,8 U/mg) foi aproximadamente 4 vezes maior que a de RA (V= 58,6 U/mg). ) O mesmo foi observado em relação a afinidade aparente da enzima, K0,5 pelo ATP, que foi cerca de 3 vezes maior para RP (K0,5 = 0,73 mM) quando comparada a RA (K0,5 = 1,9 mM). A atividade específica em presença de teofilina 5 mM, foi de 242,0 U/mg para RP e 357,0 U/mg para RA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.03.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200062095Zanatto, Rogério
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ZANATTO, Rogério; LEONE, Francisco de Assis. Efeito do envelhecimento do ornismo aceptor nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de membrana de placa óssea de rato. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Zanatto, R., & Leone, F. de A. (2002). Efeito do envelhecimento do ornismo aceptor nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de membrana de placa óssea de rato. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Zanatto R, Leone F de A. Efeito do envelhecimento do ornismo aceptor nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de membrana de placa óssea de rato. 2002 ;
    • Vancouver

      Zanatto R, Leone F de A. Efeito do envelhecimento do ornismo aceptor nas propriedades cinéticas da fosfatase alcalina de membrana de placa óssea de rato. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: