Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo retrospectivo dos aspectos demográficos e das manifestações clínicas bucais e gerais, em pacientes com idade superior a 50 anos, soropositivos para o HIV/Aids (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GIOVANI, ELCIO MAGDALENA - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: MANIFESTAÇÕES BUCAIS; HIV; IDOSOS; PATOLOGIA BUCAL
  • Language: Português
  • Abstract: A epidemia pelo HIV, desde seu início da década de 80, vem sofrendo mudanças importantes que nos permite dividi-las em quatro momentos distintos. O primeiro, caracterizado pela infeção majoritária de HSH ou bissexuais masculinos. O segundo marcado pelo incremento significativo da categoria usuário de droga injetável (UDI), juvenilização (20 a 29 anos de idade) e heterossexualização da epidemia. No terceiro momento, um avanço acentuado de transmissão heterossexual, principalmente entre as mulheres, e em conseqüência a transmissão vertical, aumentando o número de crianças nascidas portadoras do vírus HIV. No quarto e atual momento da epidemia, assiste-se um avanço da Aids nas pessoas idosas, acima dos 50 anos de vida. As manifestações bucais relacionadas à infecção pelo HIV têm sido mundialmente estudadas, desde o início da epidemia pelo HIV, principalmente em pacientes HSH, HET, UDI, e crianças. Porém, faltam estudos preocupados em separar os pacientes de acordo com a sua faixa etária. Desta forma, os objetivos deste estudo foram conhecer melhor a prevalência destas manifestações nos idosos HIV positivos, determinar a associação entre sua presença e a condição clínica e imunológica dos pacientes e entre a sua presença e o uso ou não de terapia anti-retroviral. Foram utilizados 115 prontuários de pacientes, com idade superior a 50 anos, HIV positivos atendidos no Centro de Atendimento a Pacientes Especiais da Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo, noperíodo de julho de 1989 a dezembro de 2001. Nossos resultados mostraram que as lesões bucais ocorreram em 85,22% dos pacientes atendidos. As lesões encontradas foram: as candidíases em suas várias formas em (85,22%) (candidíase peseudomembranosa em 36,52%, candidíase eritematosa em 29,57%, queilite angular em 19,13%), ) as patologias periodontais em (66,95%) (gengivite convencional em 24,35%, gengivite necrotizante em 24,35%, periodontite necrotizante em 13,91%, periodontite convencional em 13,04%, e eritema gengival linear em 2,61%), herpes simples em (18,26%), úlceras em (18,26%), leucoplasia pilosa oral em (14,78%), afta em (7,83%), sarcoma de Kaposi em (6,09%), herpes zosters em (2,61%), condiloma acuminatum em (1,74%), sífilis em (1,74%), linfoma não Hodgkin em (0,87%), carcinoma espino celular em (0,87%), e líquem plano em (0,87%). Concluímos que as lesões bucais são comuns nas pessoas com idade acima dos 50 anos HIV positivas, e ocorrem com maior freqüencia que nas outras faixas etárias. A candidíase foi a infecção oportunista mais freqüente. As patologias associadas à infecção mais prevalentes foram as pneumonias, as tuberculoses e as candidíases orofaringeanas. A associação das lesões buciais com baixas contagens de linfócitos T-CD4 sugerem o seu papel de marcadores da imunossupressão e Aids
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.07.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500017384CRFO426
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIOVANI, Elcio Magdalena; TORTAMANO, Nicolau. Estudo retrospectivo dos aspectos demográficos e das manifestações clínicas bucais e gerais, em pacientes com idade superior a 50 anos, soropositivos para o HIV/Aids. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Giovani, E. M., & Tortamano, N. (2002). Estudo retrospectivo dos aspectos demográficos e das manifestações clínicas bucais e gerais, em pacientes com idade superior a 50 anos, soropositivos para o HIV/Aids. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Giovani EM, Tortamano N. Estudo retrospectivo dos aspectos demográficos e das manifestações clínicas bucais e gerais, em pacientes com idade superior a 50 anos, soropositivos para o HIV/Aids. 2002 ;
    • Vancouver

      Giovani EM, Tortamano N. Estudo retrospectivo dos aspectos demográficos e das manifestações clínicas bucais e gerais, em pacientes com idade superior a 50 anos, soropositivos para o HIV/Aids. 2002 ;