Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da atividade de algumas enzimas antioxidantes em plantas de soja(Glycine max L. Merr.), sob níveis de manganês, em função da micorriza arbuscular (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MAGALHÃES, GIULIANA CASTRO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LSN
  • Subjects: ENZIMAS; MANGANÊS; MICORRIZA; SOJA; TOXICIDADE DO SOLO
  • Language: Português
  • Abstract: Os solos brasileiros são predominantemente ácidos, ocorrência comum nas regiões tropicais. Esta condição, aliada a outros fatores abióticos e bióticos, pode resultar em toxicidade de manganês ('MN') às plantas, o que limita o seu desenvolvimento. A utilização de práticas agrícolas convencionais propicia o aumento da toxidez de 'MN', à medida que reduz o teor de matéria orgânica. Para atenuar este problema, algumas práticas como a calagem e o melhoramento genético são amplamente utilizados. Entretanto, a utilização de alternativas de manejo da cultura através do uso da simbiose micorrízica, para induzir maior resistência das plantas a altos níveis de 'MN', parece bastante promissora. Para investigar possíveis mecanismos de indução da resistência e interações de nutrientes no controle da toxicidade de 'MN' em soja, foram avaliados o crescimento, a absorção e a acumulação de 'MN', 'FE', 'P' e 'CA', e a atividade de catalase, peroxidase, superóxido dismutase e oxidase de AIA, nas folhas e raízes das plantas micorrizadas e não-micorrizadas, além do nível de colonização de raízes pelo fungo micorrízico arbuscular (FMA). A planta teste foi a soja (Glycine max L. Merr. CV. IAC 8-2). O experimento foi executado em casa de vegetação, em vasos prenchidos com 4 kg de solo classificado como Neossolo Quartzarenico típico, previamente autoclavado para eliminar fungos micorrízicos arbusculares. O delineamento foi inteiramente casualizado, em esquema fatorial, 4x5: doisisolados de FMA, Glomus etunicatum e Glomus macrocarpum, cada qual com 30 mg Kg -1 de 'P' adicionado ao substrato e dois controles não inoculados, sendo um com 30 mg Kg -1 e outro com 50 mg Kg -1 de 'P', 5 níveis de 'MN" (0, 5, 10, 20, 40 mg Kg -1). Foram realizadas duas épocas distintas de colheita, aos 45 e 90 dias. As atividades enzimáticas foram avaliadas pelo método PAGE não-denaturante através de análise visual. Os resultados demonstram que níveis de 'MN' entre 10 e 40 mg kg-1 no substrato podem induzir respostas de toxidez de 'MN' em plantas de soja, acompanhadas de redução de crescimento e alterações no padrão de absorção de vários nutrientes vegetais. O aumento da dose de 'P' e a presença da micorriza são fatores de atenuação da toxidez de 'MN' em soja, visto que plantas micorrizadas contêm menor concentração de 'MN' em seus tecidos e, de uma maneira geral, menor atividade enzimática de peroxidase (PO) e oxidase do ácido-indolacético (AIA) do que as plantas controles. Aumentos no nível de 'MN' do substrato podem causar um aumento da atividade de PO e de oxidase de AIA nas plantas, sendo que as plantas mais estressadas quase sempre apresentam maior atividade dessas enzimas. Apesar da superóxido dismutase (SOD) ser também enzima antioxidativa, apresenta um padrão eletroforético diferenciado da PO, sendo que na raiz sua maior atividade está correlacionada com a presença do FMA
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500024240t633.34 M188a ex.2 79944
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MAGALHÃES, Giuliana Castro; CARDOSO, Elke Jurandy Bran Nogueira. Análise da atividade de algumas enzimas antioxidantes em plantas de soja(Glycine max L. Merr.), sob níveis de manganês, em função da micorriza arbuscular. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-11112002-162503/ >.
    • APA

      Magalhães, G. C., & Cardoso, E. J. B. N. (2002). Análise da atividade de algumas enzimas antioxidantes em plantas de soja(Glycine max L. Merr.), sob níveis de manganês, em função da micorriza arbuscular. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-11112002-162503/
    • NLM

      Magalhães GC, Cardoso EJBN. Análise da atividade de algumas enzimas antioxidantes em plantas de soja(Glycine max L. Merr.), sob níveis de manganês, em função da micorriza arbuscular [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-11112002-162503/
    • Vancouver

      Magalhães GC, Cardoso EJBN. Análise da atividade de algumas enzimas antioxidantes em plantas de soja(Glycine max L. Merr.), sob níveis de manganês, em função da micorriza arbuscular [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-11112002-162503/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: