Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Doses de 'CO IND.2' e de potássio aplicadas através da irrigação no meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.) cultivado em ambiente protegido (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDOSO, SILVANA DA SILVA - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LER
  • Subjects: CARBONO; ESTUFAS; FERTIRRIGAÇÃO; IRRIGAÇÃO POR GOTEJAMENTO; MELÃO; POTÁSSIO
  • Language: Português
  • Abstract: O trabalho proposto relaciona a resposta do meloeiro à aplicação de dióxido de carbono CO2 e de potássio via água de irrigação, com o objetivo de estudar os efeitos isolados e combinados desses fatores na cultura do meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.), cultivado em ambiente protegido. O experimento foi implantado em quatro estufas de 7,0 m x 17,5 m equipadas com sistemas de irrigação por gotejamento, de fertirrigação e de injeção de CO2. Mudas com 19 dias foram transplantadas para canteiros, no espaçamento de 1,1 m x 0,3 m e conduzida tutorada na vertical. Os tratamentos resultaram de combinações entre as doses de potássio K1, K2, K3 e K4, (50; 150; 300 e 600 kg ha-1) e as doses aplicadas de dióxido de carbono C0, C1, C2 e C3 (0,0; 165,0; 301,8 e 460,4 kg ha-1 de CO2) equivalentes às concentrações, média da atmosfera (@ 367 mmolCO2 mol-1); 600; 800 e 1000 mmolCO2 mol-1. Foram avaliados os parâmetros: taxa fotossintética, estado nutricional das plantas, qualidade física e química dos frutos, produtividade e eficiência de uso da água. A resposta do meloeiro à aplicação de dióxido de carbono CO2 e de potássio via água de irrigação, com o objetivo de estudar os efeitos isolados e combinados desses fatores na cultura do meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.), cultivado em ambiente protegido.) O experimento foi implantado em quatro estufas de 7,0 m x 17,5 m equipadas com sistemas de irrigação por gotejamento, de fertirrigação e de injeção de CO2. Mudas com 19dias foram transplantadas para canteiros, no espaçamento de 1,1 m x 0,3 m e conduzida tutorada na vertical. Os tratamentos resultaram de combinações entre as doses de potássio K1, K2, K3 e K4, (50; 150; 300 e 600 kg ha-1) e as doses aplicadas de dióxido de carbono C0, C1, C2 e C3 (0,0; 165,0; 301,8 e 460,4 kg ha-1 de CO2) equivalentes às concentrações, média da atmosfera (@ 367 mmolCO2 mol-1); 600; 800 e 1000 mmolCO2 mol-1
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 29.08.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500024761t635.61 C268d ex.2 80005
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, Silvana da Silva; FRIZZONE, José Antônio. Doses de 'CO IND.2' e de potássio aplicadas através da irrigação no meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.) cultivado em ambiente protegido. 2002.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2002.
    • APA

      Cardoso, S. da S., & Frizzone, J. A. (2002). Doses de 'CO IND.2' e de potássio aplicadas através da irrigação no meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.) cultivado em ambiente protegido. Universidade de São Paulo, Piracicaba.
    • NLM

      Cardoso S da S, Frizzone JA. Doses de 'CO IND.2' e de potássio aplicadas através da irrigação no meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.) cultivado em ambiente protegido. 2002 ;
    • Vancouver

      Cardoso S da S, Frizzone JA. Doses de 'CO IND.2' e de potássio aplicadas através da irrigação no meloeiro rendilhado (Cucumis melo L.) cultivado em ambiente protegido. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: