Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O processo de trabalho das enfermeiras nas equipes de saúde da família no município de Marília/SP (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ERMEL, REGINA CELIA - EE
  • USP Schools: EE
  • Sigla do Departamento: ENS
  • Subjects: ENFERMAGEM EM SAÚDE PÚBLICA
  • Language: Português
  • Abstract: A estratégia de Saúde da Família, proposta pelo Ministério da Saúde em 1994, apresenta-se como uma alternativa de superação do paradigma dominante no campo da saúde, propõe a mudança na concepção do processo saúde-doença, saindo do pólo tradicional de oferta de serviços para atuar segundo um processo de trabalho, centrado na Vigilância à Saúde e no trabalho em equipe multiprofissional. Com a finalidade de aprofundar o conhecimento acerca do processo de trabalho em enfermagem em saúde coletiva, realizou-se o presente estudo referenciado pelo Materialismo Histórico-Dialético, pelos fundamentos conceituais da Determinação Social do Processo Saúde-Doença e do Trabalho em Enfermagem, com o objetivo de identificar como se expressa concretamente o trabalho das enfermeiras no Programa Saúde da Família nas diferentes Unidades de Saúde da Família do Município de Marília, SP. Este estudo foi elaborado com a aplicação do Método TIPESC, proposto por Egry, o qual permite abordar o trabalho da enfermeira a partir das dimensões geral, particular e singular. Os dados foram extraídos de fontes documentais da Secretaria Municipal de Higiene e Saúde de Marília, de entrevistas e de observações do trabalho da enfermeira. Foram sujeitos do estudo oito enfermeiras que atuavam no PSF do município de Marília/SP, no ano de 2001. Os dados foram analisados segundo a técnica de análise de conteúdo preconizada por Minayo. Os resultados apontam que os sujeitos produtores dasações do PSF em Marília/SP são jovens, situando-se na faixa de 20 a 30 anos de idade, com pouca experiência de trabalho em atenção básica, sendo que, para a maioria, o PSF é o seu primeiro emprego. As averiguações explicitaram que, no processo de trabalho no PSF as enfermeiras tomam como objeto o corpo individual, têm por finalidade os perfis de desgaste dos grupos sociais e operam com meios e instrumentos tradicionais da saúde pública
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.09.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200006448T2201
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      ERMEL, Regina Célia; FRACOLLI, Lislaine Aparecida. O processo de trabalho das enfermeiras nas equipes de saúde da família no município de Marília/SP. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Ermel, R. C., & Fracolli, L. A. (2002). O processo de trabalho das enfermeiras nas equipes de saúde da família no município de Marília/SP. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Ermel RC, Fracolli LA. O processo de trabalho das enfermeiras nas equipes de saúde da família no município de Marília/SP. 2002 ;
    • Vancouver

      Ermel RC, Fracolli LA. O processo de trabalho das enfermeiras nas equipes de saúde da família no município de Marília/SP. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: