Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Sistemas FIA com emprego de mini-coluna para determinação de baixas concentrações de cobre e níquel em águas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: QUEIROZ, ZILVANIR FERNANDES DE - IQSC
  • USP Schools: IQSC
  • Subjects: QUÍMICA ANALÍTICA
  • Language: Português
  • Abstract: Uma mini-coluna com 5 mm de comprimento e 2 mm de diâmetro interno, contendo 1-(2-tiazolilazo)-2-naftol (TAN) imobilizado em sílica funcionalizada com 'C IND.18' foi utilizada para a separação e pré-concentração de cobre e níquel, para a determinação de baixas concentrações destes elementos em águas. Válvulas solenóides de três vias foram utilizadas para a introdução da amostra e das soluções. A mini-coluna foi adaptada na extremidade do tubo capilar do amostrador automático do espectrômetro. As válvulas solenóides e a fonte de aquecimento do filamento de tungstênio foram controladas por um microcomputador interfaceado com o sistema de aquisição de dados do espectrômetro Varian SpectrAA 220. A eluição foi realizada coletando-se uma alíquota de 35 'MU'L de uma solução 0,5 mol 'L POT.-1' HCl de um copo do amostrador automático, e depositando-se a alíquota no atomizador. Foram empregados como atomizadores um tubo de grafite contendo plataforma revestida com um modificador permanente para a atomização de cobre, e um filamento de tungstênio (150 W) para a atomização de níquel. Com uma vazão de 3,0 mL 'min POT.-1' e 60 s de pré-concentração, os limites de detecção foram estimados em 5 e 60ng'L POT.-1' para 'Cu POT.2+' e 'Ni POT.2+', respectivamente, ao nível de confiança de 99,7%, obtendo-se fatores de enriquecimento de 33 para o cobre e de 25 para o níquel. O modificador W-Rh proporcionou maior estabilidade ao sistema e aumentou o tempo de vida doatomizador na determinação de cobre. Utilizando-se a imobilização do complexante e o modificador permanente, obteve-se um baixo consumo dos reagentes (0,2 'MU'g TAN por determinação; 150 'MU'g W e 200 'MU'g Rh para 340 ciclos de aquecimento). Além disso, a etapa de purificação desses reagentes não foi necessária
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.08.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IQSC30800013147T1352
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      QUEIROZ, Zilvanir Fernandes de; KRUG, Francisco José. Sistemas FIA com emprego de mini-coluna para determinação de baixas concentrações de cobre e níquel em águas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica. 2002.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2002.
    • APA

      Queiroz, Z. F. de, & Krug, F. J. (2002). Sistemas FIA com emprego de mini-coluna para determinação de baixas concentrações de cobre e níquel em águas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica. Universidade de São Paulo, São Carlos.
    • NLM

      Queiroz ZF de, Krug FJ. Sistemas FIA com emprego de mini-coluna para determinação de baixas concentrações de cobre e níquel em águas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica. 2002 ;
    • Vancouver

      Queiroz ZF de, Krug FJ. Sistemas FIA com emprego de mini-coluna para determinação de baixas concentrações de cobre e níquel em águas por espectrometria de absorção atômica com atomização eletrotérmica. 2002 ;