Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Tratamento odontopediátrico no contexto de uma clínica - escola: avaliação do estresse da criança, do acompanhante e do aluno (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDOSO, CARMEN LUCIA - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 594
  • Subjects: TRATAMENTO ODONTOLÓGICO; ESTRESSE PSICOLÓGICO; PSICOLOGIA DA SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: No contexto de uma clínica - escola objetivou-se comparar um grupo de crianças com altos níveis de ansiedade frente ao tratamento odontológico, necessitando de contenção física para a realização do mesmo (Grupo 1) a um grupo de crianças que colaboraram com o atendimento (Grupo 2), para tal avaliou-se o estresse infantil e suas relações com manifestações de estresse das acompanhantes / mães e dos alunos de odontologia. Foram avaliadas 40 crianças, atendidas pela Clínica de Odontopediatria da Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto - FORP/USP, com idades entre 6 e 11 anos, de ambos os sexos, com inteligência pelos menos médio inferior, subdivididas em dois grupos de 20 crianças. Procedeu-se a aplicação das técnicas: a) com as crianças, em sessões individuais Desenho da Figura Humana e a Escala de Stress Infantil; b) com as acompanhantes em sessão individual - Escala Comportamental Infantil A2 de Rutter, Dental Fear Survey e o inventário de Sintomas e Stress de Lipp; c) com os alunos de Odontologia em duas sessões coletivas - Inventário de Sintomas e Stress de Lipp e Questionário de Enfrentamento ao Choro. Realizou-se, ainda a observação e o registro sistemático de pelo menos 5 sessões de tratamento odontológico de cada criança. Os protocolos dos instrumentos foram codificados segundo as recomendações técnicas e as sessões de observação foram categorizadas. Efetuou-se o tratamento estatístico dos dados por meio de testes não paramétricos visandoa comparação dos grupos entre si e com os dados normativos, considerou-se o nível de significância de p <= 0.05. Em relação ao estresse infantil o Grupo 1 apresentou mais indicadores de estresse que o Grupo 2, com diferença estatisticamente significativa (escore total - G1 = 53.45 e G2 = 34.68). Quanto aos indicadores de dificuldades de ordem emocional e comportamental as crianças dos dois grupos diferiram significativamente (escore total - G1 = 22.75 e G2 = 12.95). ) No que diz respeito aos indicadores de estresse as acompanhantes / mães das crianças do Grupo 1 apresentaram porcentagem significativamente maior que as acompanhantes das crianças do Grupo 2 (presença de estresse - G1= 80% e G2 = 35%). No que se refere ao medo odontológico as acompanhantes / mães das crianças do Grupo 1 apresentaram número significativamente maior de respostas de medo que as do Grupo 2 (escore total - G1= 52.95 e G2 = 31.45). Com relação às manifestações de estresse os alunos que atenderam as crianças dos dois grupos apresentaram elevados níveis de estresse na fase de resistência, não diferindo entre si com significância estatística. Os procedimentos de tratamento odontológico aplicados as crianças dos dois grupos não diferiram quanto ao nível de invasão dos mesmos. Conclui-se que um conjunto de fatores ligados as crianças, aos acompanhantes e aos alunos interferem nas manifestações de comportamentos pouco colaboradores na situação de tratamento odontológico. Tal dado propiciareflexões sobre a formação e a interface Psicologia e Odontologia
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.04.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800018765Cardoso, Crman Lcia
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, Cármen Lúcia; LOUREIRO, Sônia Regina. Tratamento odontopediátrico no contexto de uma clínica - escola: avaliação do estresse da criança, do acompanhante e do aluno. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Cardoso, C. L., & Loureiro, S. R. (2002). Tratamento odontopediátrico no contexto de uma clínica - escola: avaliação do estresse da criança, do acompanhante e do aluno. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Cardoso CL, Loureiro SR. Tratamento odontopediátrico no contexto de uma clínica - escola: avaliação do estresse da criança, do acompanhante e do aluno. 2002 ;
    • Vancouver

      Cardoso CL, Loureiro SR. Tratamento odontopediátrico no contexto de uma clínica - escola: avaliação do estresse da criança, do acompanhante e do aluno. 2002 ;