Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Resistência de seda: um estudo preliminar sobre a nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: TONGU, ERICA AYACO SACATA - FE
  • USP Schools: FE
  • Subjects: NACIONALIZAÇÃO; IMIGRAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Esta dissertação tem como objeto de estudo o processo de nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil. Trata mais especificamente a questão através da análise das edições comemorativas de aniversário da imigração japonesa no Brasil, existentes em língua portuguesa, compreendendo as décadas de 1960, 1970, 1980. Parte-se do pressuposto que a Segunda Guerra Mundial representa para os imigrantes japoneses um momento de ruptura que é decisivo para o seu processo de nacionalização. Nesse sentido, a importância dada à educação também desempenha um papel fundamental nesse processo. Assim, o objetivo principal desse trabalho é compreender como imigrantes e descendentes de japoneses resolveram, coletivamente, a questão da nacionalização através, principalmente da educação no período pós Segunda Guerra Mundial no Brasil diante da política de nacionalização do país em andamento desde o Estado Novo. O referencial conceitual adotado para a realização da presente dissertação encontra-se embasado em estudiosos de diferentes, porém complementares, áreas do conhecimento - história, antropologia, sociologia, filosofia, psicologia - a fim de que se possa compreender a questão em uma perspectiva que considere o ser humano de forma mais ampla possível. Dessa forma, são utilizadas, basicamente, como referencial, as discussões realizadas por Benedict Anderson, Eric Hobsbawn, François Laplantine, Henry Giroux, Maria Isaura Pereira de Queiroz, MariaLuisa S. Ribeiro, Ronald David Laing, Roseli Fischmann - e direcionando-as para as questões mais ligadas à proposta de trabalho, através da interlocução com autores que trataram a questão da imigração japonesa para o Brasil como Tomoo Handa e Teiiti Suzuki - ou mesmo com os documentos referentes às edições comemorativas dos aniversários da imigração japonesa para o Brasil. Nesse sentido, a presente dissertação apresenta como um de seus questionamentos, a questão acerca ) da resistência, partindo do referencial teórico trabalhado por Henry Giroux, na escola. Aponta, dessa forma, para a realização de estudos, que viabilizem uma formação mais atenta para as questões de pluralidade cultural. Ao abordar um caso específico, como o da imigração japonesa, e com respostas específicas para as dificuldades encontradas, procura abrir espaço para que se possa refletir a questão a partir de tantas outras diferentes influências - étnicas, culturais, sociais - presentes na configuração heterogênea da população brasileira
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.07.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500025611325.1(52+8) T665r
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      TONGU, Érica Ayaco Sacata; FISCHMANN, Roseli. Resistência de seda: um estudo preliminar sobre a nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Tongu, É. A. S., & Fischmann, R. (2002). Resistência de seda: um estudo preliminar sobre a nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Tongu ÉAS, Fischmann R. Resistência de seda: um estudo preliminar sobre a nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil. 2002 ;
    • Vancouver

      Tongu ÉAS, Fischmann R. Resistência de seda: um estudo preliminar sobre a nacionalização dos imigrantes japoneses e a educação no Brasil. 2002 ;