Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Dinâmica populacional, crescimento relativo e em comprimento do ermitão Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) (Crustacea: Paguridae) do infralitoral da ilha Anchieta, Ubatuba, SP (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHRISTOFOLETTI, RONALDO ADRIANO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: CRUSTÁCEOS; BIOLOGIA MARINHA
  • Language: Português
  • Abstract: O ermitão Pagurus brevidactylus, encontrado em abundância na costa litorânea do Estado de São Paulo, foi objetivo do presente estudo, tendo sido caracterizado quanto à sua estrutura populacional, crescimento relativo e em comprimento, no infralitoral da Ilha Anchieta, Ubatuba. Os animais foram coletados mensalmente, no período de janeiro/1999 a dezembro/2000, por meio de mergulho autônomo. Um total de 2657 indivíduos foi coletado, dos quais 1059 (39,86%) foram machos e 1598 (60,14%) foram fêmeas, sendo que 1181 (44,45%) encontravam-se na condição ovígera. A razão sexual da população foi de 0, 7:1 em favor das fêmeas. Os animais apresentaram distribuição unimodal, na qual os machos atingiram tamanho significativamente maior que o das fêmeas. As fêmeas ovígeras foram encontradas em todos os meses de coleta e, em altas porcentagens a partir da segunda classe de tamanho, demonstrando intenso e contínuo processo reprodutivo na região. Poucos indivíduos jovens foram encontrados, os quais apresentaram recrutamento contínuo. A longevidade foi de aproximadamente 24 meses para os machos e 18 para as fêmeas, as quais apresentaram maior taxa de crescimento e atingiram a maturidade sexual em tempo inferior (2,5 meses) ao dos machos. O dimorfismo sexual foi revelado também em relação ao crescimento relativo. As fêmeas apresentaram crescimento alométrico negativo na maioria das relações, enquanto os machos apresentaram isometria. As relações que melhor demonstraram odimorfismo sexual foram as que envolveram os própodos e a distância entre os poros genitais com o comprimento do escudo cefalotorácico. Observou-se também heteroquelia em ambos os sexos, sendo o quelípodo direito maior que o esquerdo em todas as classes de tamanho. O menor número de machos encontrados na população pode estar relacionado ao maior tempo de vida que estes apresentaram. Além disso, o dimorfismo sexual quelar favorece os machos nas disputas intra e interespecíficas por conchas, alimentação, reprodução e território. As fêmeas apresentaram um ciclo de vida mais curto e um intenso processo reprodutivo, além de menor crescimento dos apêndices. Essas características podem estar relacionadas ao desvio de energia das fêmeas para a reprodução, garantindo o sucesso reprodutivo da espécie. As características apresentadas por esta população conferem a esta espécie condições de sobrevivência e desenvolvimento na região, apresentando-se como uma população bem estabelecida no ambiente, mesmo frente às disputas interespecíficas com outras espécies de ermitões abundantes no local
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 15.04.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800043147Christofoletti, Ronaldo Adriano
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHRISTOFOLETTI, Ronaldo Adriano; MANTELATTO, Fernando Luís Medina. Dinâmica populacional, crescimento relativo e em comprimento do ermitão Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) (Crustacea: Paguridae) do infralitoral da ilha Anchieta, Ubatuba, SP. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Christofoletti, R. A., & Mantelatto, F. L. M. (2002). Dinâmica populacional, crescimento relativo e em comprimento do ermitão Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) (Crustacea: Paguridae) do infralitoral da ilha Anchieta, Ubatuba, SP. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Christofoletti RA, Mantelatto FLM. Dinâmica populacional, crescimento relativo e em comprimento do ermitão Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) (Crustacea: Paguridae) do infralitoral da ilha Anchieta, Ubatuba, SP. 2002 ;
    • Vancouver

      Christofoletti RA, Mantelatto FLM. Dinâmica populacional, crescimento relativo e em comprimento do ermitão Pagurus brevidactylus (Stimpson, 1859) (Crustacea: Paguridae) do infralitoral da ilha Anchieta, Ubatuba, SP. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: