Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A ecologia da paisagem na avaliação de impactos ecológicos de corredores rodoviários: o caso de um segmento do trecho sul do Rodoanel de São Paulo (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: POLETTO, MARIA CRISTINA - PROCAM
  • USP Schools: PROCAM
  • Subjects: ECOLOGIA; RODOVIAS
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como principal objetivo testar o uso de métricas de estrutura de paisagem na avaliação dos impactos ambientais de rodovias, principalmente como suporte à escolha de alternativas de traçado rodoviário. Para tanto, foram estudados traçados rodoviários projetados para um trecho de 22 km do anel rodoviário da cidade de São Paulo (Rodoanel). Este trecho abrange parte dos trechos sul e leste do Rodoanel, e atravessa o Parque Municipal do Pedroso, área de captação de água para o abastecimento do município de Santo André. Foram analisadas quatro alternativas de traçado rodoviário, sendo que para duas delas foram consideradas 4 possibilidades na travessia do Parque do Pedroso. As métricas de paisagem utilizadas referem-se à análise da paisagem como um todo (composição e diversidade da paisagem), à distribuição espacial das áreas florestadas (grau de fragmentação e isolamento de manchas de mata) e às características espaciais dos maiores fragmentos florestais (área, área núcleo, forma e isolamento). Os resultados mostram que as alternativas que passam pela região do Parque do Pedroso resultaram em impactos de maiores magnitudes, pois representam acentuada redução da área do maior fragmento da paisagem, ocasionando maior isolamento entre os fragmentos remanescentes. Os índices mais adequados para identificar os impactos ecológicos de rodovias e analisar as diferenças entre os cenários foram os índices de floresta (especialmente os índices de maior fragmento, denúmero de fragmentos e de isolamento) e os índices de área total e área núcleo dos maiores fragmentos florestais da paisagem. A análise quantitativa da estrutura da paisagem contribuiu, desta forma, para a análise dos impactos rodoviários e para a comparação dos cenários, o que deve facilitar o monitoramento dos impactos e das medidas de mitigação. Análises em múltiplas escalas espaciais e temporais são recomendadas para o uso pleno das ) métricas da paisagem
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.10.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IGC30900011336T P765 MC.e e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      POLETTO, Maria Cristina; METZGER, Jean Paul. A ecologia da paisagem na avaliação de impactos ecológicos de corredores rodoviários: o caso de um segmento do trecho sul do Rodoanel de São Paulo. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Poletto, M. C., & Metzger, J. P. (2002). A ecologia da paisagem na avaliação de impactos ecológicos de corredores rodoviários: o caso de um segmento do trecho sul do Rodoanel de São Paulo. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Poletto MC, Metzger JP. A ecologia da paisagem na avaliação de impactos ecológicos de corredores rodoviários: o caso de um segmento do trecho sul do Rodoanel de São Paulo. 2002 ;
    • Vancouver

      Poletto MC, Metzger JP. A ecologia da paisagem na avaliação de impactos ecológicos de corredores rodoviários: o caso de um segmento do trecho sul do Rodoanel de São Paulo. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: