Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo prospectivo da evolução eletroclínica de crianças que apresentaram padrão de surto-supressão em poligrafias no período neonatal (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANDER, HEIDI HAUEISEN - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: NEUROLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: O surto-supressão é um padrão eletrencefalográfico anormal que pode ser registrado desde o período neonatal, geralmente associado a encefalopatias graves. Nós avaliamos, através de estudo prospectivo, o significado prognóstico do padrão de surto-supressão neonatal em relação ao desenvolvimento neuropsicomotor e à evolução eletrencefalográfica, com especial ênfase no desenvolvimento de HIPSARRITMIA, durante a fase de lactente. No período de janeiro de 1997 a julho de 1999 foram avaliadas prospectivamente dezesseis crianças que apresentaram surto-supressão neonatal em poligrafias realizadas nos berçários do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto- USP (HCFMRP). Um grupo controle foi formado por quinze crianças selecionadas ao acaso, no mesmo período, com idades pós-concepcionais semelhantes às das crianças com surto-supressão neonatal e que tinham suspeita de disfunção neurológica sendo, por este motivo, submetidas a poligrafias neonatais, que também mostraram anormalidades outras que não o padrão de surto-supressão. Estas 31 crianças foram acompanhadas nos ambulatórios de Neurologia Infantil e Epilepsia do HCFMRP por período mínimo de um ano, aonde se submeteram a avaliação neurológica e eletrencefalogramas (EEG) seqüenciais, bem como a avaliação neurorradiológica e exames sorológicos, bioquímicos e genéticos. Um total de 69 poligrafias e 60 EEG seqüenciais foram realizados, com média semelhante de exames por criança.As características clínicas de Idade Gestacional, Idade Pós-Concepcional na época da realização das poligrafias, peso e etiologias também foram semelhantes entre ambos os grupos. O prognóstico desfavorável foi observado em vinte e quatro crianças, quinze (62,5%) do grupo com surto-supressão neonatal e nove (37,5%) do grupo controle, sendo pior o prognóstico nas crianças com surto-supressão (p=0.04, teste de Fisher). Oito (8) crianças desenvolveram HIPSARRITMIA na fase ) de lactente, das quais sete (7) haviam apresentado surto-supressão neonatal e apenas uma era do grupo controle. Esta diferença foi estatisticamente significante (p=0.04, teste de Fisher). Em cinco (5) destas crianças o padrão de surto-supressão era invariante e duas (2) tinham o padrão variante. O nível sérico de fenobarbital por ocasião da realização das poligrafias foi semelhante nos grupos com surto-supressão e controle, não parecendo ser fator determinante no desenvolvimento do surto-supressão, nestas crianças (p=0.23 , teste de Mann-Whitney)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 02.08.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200034592Sander, Heidi Hauisen
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANDER, Heidi Haueisen; FERNANDES, Regina Maria França. Estudo prospectivo da evolução eletroclínica de crianças que apresentaram padrão de surto-supressão em poligrafias no período neonatal. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Sander, H. H., & Fernandes, R. M. F. (2002). Estudo prospectivo da evolução eletroclínica de crianças que apresentaram padrão de surto-supressão em poligrafias no período neonatal. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Sander HH, Fernandes RMF. Estudo prospectivo da evolução eletroclínica de crianças que apresentaram padrão de surto-supressão em poligrafias no período neonatal. 2002 ;
    • Vancouver

      Sander HH, Fernandes RMF. Estudo prospectivo da evolução eletroclínica de crianças que apresentaram padrão de surto-supressão em poligrafias no período neonatal. 2002 ;