Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo sobre a relação professor e aluno: uma contribuição a partir da teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FARAH, RICARDO - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PST
  • Subjects: PSICOLOGIA JUNGUIANA; PROFESSOR DE ENSINO SUPERIOR
  • Language: Português
  • Abstract: A partir dos pressupostos de Jung, segundo os quais as pessoas apresentam particularidades decorrentes da predominância de uma das funções psicológicas, partimos da suposição de que o tipo psicológico de um aluno leva-o a ter maior afinidade com os professores que tenham tipos psicológicos semelhantes ao seu e maior dificuldade com professores que tenham tipos psicológicos diferentes do seu. Nesta pesquisa, procuramos investigar a relação existente entre os tipos psicológicos de alunos e professores e sua influência na percepção que os alunos têm sobre a atuação dos professores no tocante aos processos de ensino, comunicação e facilitação de sua aprendizagem. Utilizamo-nos de um instrumento, como procedimento, aplicado a 313 alunos e a 59 professores de uma instituição privada de ensino superior. O instrumento - Teste Classificador de Temperamentos de Keirsey - tem por finalidade verificar os tipos psicológicos das pessoas. Ao mesmo tempo, foi aplicado um questionário aos alunos, procurando levantar suas "percepções" a respeito de como eles vêem os processos de comunicação e aprendizagem na interação com professores. A análise dos resultados do teste de Keirsey revelou a existência de tipos psicológicos variados entre alunos e professores com o aparecimento, no grupo, da existência de predominância de todas as funções psíquicas, confirmando as postulações de Jung. A comparação dos tipos psicológicos de professores e alunos não evidencia que à medida que os alunos têm omesmo tipo psicológico dos professores acham que aprendem melhor ou o processo de comunicação é mais adequado. O propósito do teste de Keirsey atingiu os seus objetivos no sentido de categorizar o tipo psicológico dos alunos da forma como esses realmente acreditam que são, para pelo menos alguns tipos. Provavelmente, isso não foi significativo para todos os outros tipos por causa do tamanho da amostra, com exceção do tipo INTP para a pergunta ) referente à forma como o aluno acha que aprende melhor e qual foi significantemente contrária ao esperado. Novamente, o Keirsey atingiu os seus objetivos no sentido de categorizar o tipo psicológico dos professores da forma como os alunos os vêem como extrovertidos ou introvertidos. O mesmo resultado não foi obtido na pergunta referente a como os alunos percebem seu professor no tocante às funções principais - (S) sensação - (N) intuição - (T) pensamento - (F) sentimento - mas também não chegou a ser contrário ao esperado. Finalmente, são feitas algumas considerações sobre a contribuição que a tipologia de Jung pode oferecer para uma compreensão mais ampla das diferenças das pessoas e de sua forma preferida de aprender e de se comunicar
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 06.09.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300011886T LB1033 F219e e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FARAH, Ricardo; FERNANDES, Maria Inês Assumpção. Estudo sobre a relação professor e aluno: uma contribuição a partir da teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Farah, R., & Fernandes, M. I. A. (2002). Estudo sobre a relação professor e aluno: uma contribuição a partir da teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Farah R, Fernandes MIA. Estudo sobre a relação professor e aluno: uma contribuição a partir da teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. 2002 ;
    • Vancouver

      Farah R, Fernandes MIA. Estudo sobre a relação professor e aluno: uma contribuição a partir da teoria dos tipos psicológicos de Carl Gustav Jung. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: