Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A dinâmica têmporo-espacial do clima subtropical na região conurbada de Florianópolis/SC (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MENDONÇA, MAGALY - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLG
  • Subjects: CLIMATOLOGIA; TEMPERATURA ATMOSFÉRICA (VARIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: A presente pesquisa teve por objetivo estudar o clima da região conurbada de Florianópolis, buscando compreender a influência simultânea dos fatores geo-ecológicos e da urbanização na variação têmporo-espacial da temperatura e outros elementos como a umidade e os ventos. Foram feitos levantamentos de dados meteorológicos em várias localidades da região, utilizando-se equipamento digital para registro da temperatura e umidade relativa do ar, além de observações sensíveis para outros elementos como direção e intensidade do vento, nebulosidade, visibilidade e tráfego. Além do mapeamento do uso da terra na região, procurou-se quantificar o tráfego de pessoas e veículos/min. e caracterizar a ocupação dos entornos de cada estação pontual episódica. Os levantamentos foram efetuados durante quatro dias, nos horários sinóticos, em cada estação do ano, buscando sondar diferentes tipos de tempo. A análise do tempo e clima foi realizada em diferentes escalas têmporo-espaciais. Para avaliação da conservação de calor, os dados registrados foram comparados à estação do aeroporto, escolhida como representativa das áreas rurais ou suburbanas. Para a análise dos resultados, mapas, transetos e transeções foram elaborados com a distribuição da temperatura, umidade relativa do ar e direção do vento. As ilhas de calor e frescor foram evidenciadas através de mapas do gradiente de temperatura. O exame comparativo do material cartográfico demonstrou significativa conservação decalor nos locais com ocupação mais verticalizada, adensada e de maior tráfego. Não se observou a formação de uma ilha de calor contínua, mas de um "arquipélago", o que reflete bem o caráter multinucleado da urbanização, derivado, em parte, da compartimentação morfológica do sítio urbano. As maiores diferenças de temperatura, caracterizando ilhas de calor mais intensas, ocorreram no setor central da região, sob domínio polar às 6h, enquanto em situações de ) transição e prenúncio frontal as maiores diferenças foram registradas às 15h. Nestas situações as elevadas temperaturas combinam-se a também elevada umidade relativa do ar resultando no aumento da sensação de calor. Esses condicionantes climáticos mostram-se importantes na avaliação da qualidade ambiental, de modo que estudos detalhados dos elementos do tempo e clima devem compor os diagnósticos para o planejamento urbano, visando o conforto térmico e a qualidade de vida
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.11.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH21100003788T MENDONA, M. 2002
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MENDONÇA, Magaly; LOMBARDO, Magda Adelaide. A dinâmica têmporo-espacial do clima subtropical na região conurbada de Florianópolis/SC. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Mendonça, M., & Lombardo, M. A. (2002). A dinâmica têmporo-espacial do clima subtropical na região conurbada de Florianópolis/SC. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mendonça M, Lombardo MA. A dinâmica têmporo-espacial do clima subtropical na região conurbada de Florianópolis/SC. 2002 ;
    • Vancouver

      Mendonça M, Lombardo MA. A dinâmica têmporo-espacial do clima subtropical na região conurbada de Florianópolis/SC. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: