Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento de forma farmaceutica contendo gangliosideo-GM1 e avaliaçao in vitro de sua atividade como antidoto para litio e ferro (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: OLIVEIRA, PEDRO GONÇALVES DE - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Sigla do Departamento: FBF
  • Subjects: FORMAS FARMACÊUTICAS (DESENVOLVIMENTO); CONTROLE FÍSICO-QUÍMICO DE QUALIDADE DOS MEDICAMENTOS; MEDICAMENTO (ANÁLISE FÍSICO-QUÍMICA); METAIS (TOXICIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: Intoxicações constituem sério problema na prática médica, sendo que intoxicações por medicamentos, acidentais ou intencionais, são consideradas principal ocorrência em medicina. Nos casos de intoxicações por via oral, a conduta geral de emergência corresponde a métodos de descontaminação gastrintestinal visando a diminuição da quantidade de substância absorvida. Neste caso, destaca-se a utilização de carvão ativado como agente adsorvente. Embora seja considerado "antídoto universal", sua efetividade é reduzida ou nula em casos de intoxicações por íons, como, por exemplo, lítio e ferro. O presente trabalho descreve o desenvolvimento de complexo carvão-GM1 e avaliação in vitro de seu potencial de neutralização desses cátions. O complexo foi elaborado através de processo de suspensão, filtração e secagem e sua estabilidade foi avaliada em diferentes valores de pH (1,2; 7; 8,2). O modelo de avaliação da capacidade de neutralização de lítio e ferro empregou dispersões contendo ferro em solução diluida de HCI (pH = 1,2), bicarbonato de sódio 0,18M (pH = 8,3), água, suco gástrico e entérico simulados. O complexo apresentou adequada estabilidade e não foram verificadas diferenças significativas (p > 0,05) em relação ao carvão, quando testado para neutralização do lítio. Contudo, demonstrou melhor potencial de interação com ferro (p < 0,05) em meio ácido (pH = 1,2), água e suco gástrico. Os resultados indicam importante potencial terapêutica do complexo, em casos deintoxicações por ferro. Novos estudos devem ser desenvolvidos visando avaliar a relevância clínica dessas propriedades
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 31.10.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100005051T 615.4 O48d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      OLIVEIRA, Pedro Gonçalves de; STORPIRTIS, Sílvia. Desenvolvimento de forma farmaceutica contendo gangliosideo-GM1 e avaliaçao in vitro de sua atividade como antidoto para litio e ferro. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Oliveira, P. G. de, & Storpirtis, S. (2002). Desenvolvimento de forma farmaceutica contendo gangliosideo-GM1 e avaliaçao in vitro de sua atividade como antidoto para litio e ferro. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Oliveira PG de, Storpirtis S. Desenvolvimento de forma farmaceutica contendo gangliosideo-GM1 e avaliaçao in vitro de sua atividade como antidoto para litio e ferro. 2002 ;
    • Vancouver

      Oliveira PG de, Storpirtis S. Desenvolvimento de forma farmaceutica contendo gangliosideo-GM1 e avaliaçao in vitro de sua atividade como antidoto para litio e ferro. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: