Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Infectividade e proteção de três estirpes fracas do Papaya ringspot virus em plantas de melancia (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GIAMPAN, JOSÉ SEGUNDO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: CONTROLE BIOLÓGICO; MELANCIA; MOSAICO (DOENÇA DE PLANTA); POTYVIRUS; VIROSE VEGETAL; FOLHAS (PLANTAS); FRUTIFICAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como objetivo avaliar a infectividade de estirpes fracas do Papaya ringspot virus - type W (PRSV-W) em plantas de melancia (Citrullus lanatus), em função da origem da estirpe fraca, da concentração do inóculo, da espécie da planta fonte do inóculo e da idade da planta-teste de melancia inoculada mecanicamente. Também foi avaliado o efeito protetor dessas estirpes em plantas de melancia em casa de vegetação e em campo. A seleção de estirpes fracas do PRSV-W foi feita a partir de bolhas de folhas de melancia infectadas naturalmente em campo. A infectividade da estirpe fraca selecionada foi comparada com a das estirpes fracas PRSV-W-1 e PRSV-W-2, previamente selecionadas de bolhas de folhas de abobrinha de moita (Cucurbita pepo) 'Caserta' com mosaico. Como controle foi utilizada uma estirpe severa do vírus obtida de abobrinha de moita (PRSV-W-C). A avaliação do efeito da concentração e da espécie da planta fonte do inóculo na infectividade de plantas de melancia foi feita com extratos de 4, 8, 12 e 16 discos de folhas de abobrinha de moita e de melancia, infectadas separadamente com as estirpes fracas e severa, e diluídos em 2 mL de tampão fosfato. O efeito da idade da planta-teste de melancia na infectividade das estirpes fracas foi estudado comparando-se plantas inoculadas em 4 estádios de desenvolvimento, a partir do estádio cotiledonar, com inóculos das diferentes estirpes do PRSV-W extraídos de 12 discos foliares/2mL de tampão. O efeitoprotetor da estirpe fraca obtida de bolhas de folhas de melancia com mosaico foi avaliado em plantas premunizadas e desafiadas com a estirpe PRSV-W-1 e PRSV-W-2 e plantas não protegidas também foram avaliadas no teste em campo. Foram avaliadas a proteção, com base nos simtomas, a produção e o conteúdo de açúcar (grau Brix) dos frutos colhidos das plantas premunizadas e não premunizadas. Uma estirpe fraca do vírus, denominada PRSV-W-3, foi selecionada de ) bolhas de folhas de melancia com mosaico. Em todos os testes de infectividade de plantas de melancia, independente da concentração do inóculo, da planta fonte do inóculo e do estádio de desenvolvimento da planta-teste inoculada, a estirpe fraca PRSV-W-3 apresentou taxas de infectividade semelhantes as das estirpes PRSV-W-1 e PRSV-W-2, chegando a 100% em alguns casos. A infectividade da estirpe severa PRSV-W-C foi de 100% em todos os testes. Aparentemente, a infectividade das três estirpes fracas mais diretamente afetada pela intensidade de fricção das folhas no momento da inoculação mecânica, do que pelas variáveis estudadas. A estirpe fraca PRSV-W-3 protegeu as plantas de melancia contra infecção e/ou manifestação da estirpe PRSV-W-C em casa de vegetação. Em campo, todas as plantas de melancia premunizadas com as três estirpes fracas também ficaram protegidas contra a estirpe severa utilizada no desafio. A produção das plantas premunizadas não diferiu estatisticamente entre si, nem mesmo daquelasinicialmente sadias infectadas em campo. O conteúdo de açúcar e a aparência da polpa dos frutos também foram semelhantes em todos os tratamentos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.01.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500035141t635.615 G432i ex.2 80775
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIAMPAN, José Segundo; REZENDE, Jorge Alberto Marques. Infectividade e proteção de três estirpes fracas do Papaya ringspot virus em plantas de melancia. 2003.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-25022003-134805/ >.
    • APA

      Giampan, J. S., & Rezende, J. A. M. (2003). Infectividade e proteção de três estirpes fracas do Papaya ringspot virus em plantas de melancia. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-25022003-134805/
    • NLM

      Giampan JS, Rezende JAM. Infectividade e proteção de três estirpes fracas do Papaya ringspot virus em plantas de melancia [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-25022003-134805/
    • Vancouver

      Giampan JS, Rezende JAM. Infectividade e proteção de três estirpes fracas do Papaya ringspot virus em plantas de melancia [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11135/tde-25022003-134805/