Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Mitose e apoptose em estados proliferativos endometriais com avaliação imunohistoquímica para bcl-2, ki67 e receptores de estrógeno e progesterona (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORAES, MARGARIDA MARIA FERNANDES DA SILVA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Subjects: PATOLOGIA COMPARADA
  • Language: Português
  • Abstract: Com o objetivo de apreciar o valor da contagem de mitoses e corpos apoptóticos em condições endometriais de proliferação epitelial benignas e malignas, foram selecionadas 87 pacientes com estados de proliferação endometrial que variavam desde o normal até adenocarcinoma endometrioide bem diferenciado (grau I). As idades variaram de 23 a 89 anos (média de 52,40 anos). Os casos foram assim distribuídos: 14 casos de endométrios normais, 12 de disfuncionais, 10 hiperplasia simples, 13 de adenocarcinoma bem-diferenciado endometróide e 38 casos de polipos endometriais sem atipia. A distribuição normal, para todas as circunstâncias; foi avaliada pelo teste de Kolmogorov-Smirnov. Os testes paramétricos foram usados em condições de distribuição normal e os não paramétricos (Kruskall-Wallis, Wilcoxon e Mann-Whitney) para as condições com distribuição que diferia da normal. A contagem de mitoses e corpos apoptóticos foi feita em 1000 células, em 10 campos de grande aumento (400x). Da mesma maneira foram estudadas as situações de imunomarcação em relação à expressão de bcl-2, dos receptores hormonais para estrógeno (RE) e progesterona (RP) e da proteína ki-67. Foi possível apreciar uma clara diferença na freqüência de corpos apoptóticos (p < 0.0001) para adenocarcinoma em comparação com as outras alterações benignas (teste de Kruskall-Wallis). Uma correlação inversa entre bcl-2 e apoptose pode ser demonstrada em relação às doenças proliferativas benignas emalignas. O grau mais alto de expressão de ki-67 foi detectado na hiperplasia simples, assim como a expressão do bcl-2 e receptores para estrógeno e progesterona. A quantidade de receptores esteróides nos adenocarcinomas foi a mais baixa de todas, e também foram os mais baixos, nestas lesões, os valores de expressão de ki-67 e bcl-2. A contagem de mitose não foi significante para separação entre lesões benignas e malignas, neste material. No entanto, houve uma ) indicação de que a contagem de corpos apoptóticos pode ser utilizada como elemento de diferenciação entre estes grupos de lesões. Os dados não são conclusivos, mas representam hipóteses que podem ser averiguadas em estudos subseqüentes, com maior amostragem. Portanto, pode ser interessante orientar os patologistas cirúrgicos a começar a olhar para a apoptose como uma nova arma no diagnóstico diferencial do endométrio, como tem sido mostrado para outros órgãos e tecidos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.10.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200060038Moraes, Margarida Maria Fernandes da Silva
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORAES, Margarida Maria Fernandes da Silva; SOARES, Edson Garcia. Mitose e apoptose em estados proliferativos endometriais com avaliação imunohistoquímica para bcl-2, ki67 e receptores de estrógeno e progesterona. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Moraes, M. M. F. da S., & Soares, E. G. (2002). Mitose e apoptose em estados proliferativos endometriais com avaliação imunohistoquímica para bcl-2, ki67 e receptores de estrógeno e progesterona. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Moraes MMF da S, Soares EG. Mitose e apoptose em estados proliferativos endometriais com avaliação imunohistoquímica para bcl-2, ki67 e receptores de estrógeno e progesterona. 2002 ;
    • Vancouver

      Moraes MMF da S, Soares EG. Mitose e apoptose em estados proliferativos endometriais com avaliação imunohistoquímica para bcl-2, ki67 e receptores de estrógeno e progesterona. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: