Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação clínica da utilização de um dispositivo de liberação controlada de clorexidina como coadjuvante no tratamento das periodontites agressivas (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: DUARTE, FÁBIO DE FREITAS - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODE
  • Subjects: RASPAGEM DENTÁRIA (EFEITOS DE DROGAS); PERIODONTITE; USO DE MEDICAMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: A proposição do presente estudo foi analisar a efetividade de um dispositivo de liberação local e controlada de digluconato de clorexidina associado aos procedimentos de raspagem e aplainamento radicular. Para tanto foi realizado um ensaio clínico aleatório, cego, boca dividida, onde foram registradas medições da profundidade clínica de sondagem (PCS) e nível clínico de inserção (NCI) no exame inicial (baseline), 6 semanas e 3 meses após a realização do tratamento proposto em cada sítio. Pacientes com bom estado geral de saúde, portadores de Periodontite Agressiva, não submetidos a tratamento periodontal ou antibioticoterapia sistêmica no período mínimo de 6 meses, foram selecionados. Os pacientes deveriam ser portadores de 4 dentes unirradiculares com PCS '> ou ='5 mm, apresentando sangramento à sondagem e/ou supuração. Os 4 dentes selecionados foram divididos em dois grupos de dois dentes cada, sendo que, no Grupo Controle, os dentes receberam apenas raspagem e aplainamento radicular como tratamento, e no Grupo Teste o mesmo tipo de tratamento acrescentado da colocação do dispositivo de liberação de clorexidina. Após a análise estatística (teste de Wilcoxon, Mann-Whitney, X² de McNemar, p<0,05) os resultados indicaram que ambos os grupos apresentaram uma redução significativa em relação aos parâmetros clínicos avaliados, sendo que no Grupo Teste, aos 3 meses, pôde-se notar uma redução na PCS e um aumento no NCI estatisticamente superiores aos encontrados no GrupoControle. As médias de redução na PCS foram equivalentes a 2,05mm (±1,25) no Grupo Controle e 2,95mm (±1,05) no Grupo Teste. Com relação ao NCI, o Grupo Controle apresentou um ganho médio de 1,59mm (±1,3), enquanto que no Grupo Teste este ganho foi de 2,59mm (±1,40). ) Os dados coletados indicaram que o uso coadjuvante do dispositivo de clorexidina resulta em uma significante redução da PCS e significante ganho adicional no NCI quando comparado ao resultado obtido com os procedimentos de raspagem e aplainamento radicular isolados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 16.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500017149CRFO375
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      DUARTE, Fábio de Freitas; LOTUFO, Roberto Fraga Moreira. Avaliação clínica da utilização de um dispositivo de liberação controlada de clorexidina como coadjuvante no tratamento das periodontites agressivas. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Duarte, F. de F., & Lotufo, R. F. M. (2002). Avaliação clínica da utilização de um dispositivo de liberação controlada de clorexidina como coadjuvante no tratamento das periodontites agressivas. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Duarte F de F, Lotufo RFM. Avaliação clínica da utilização de um dispositivo de liberação controlada de clorexidina como coadjuvante no tratamento das periodontites agressivas. 2002 ;
    • Vancouver

      Duarte F de F, Lotufo RFM. Avaliação clínica da utilização de um dispositivo de liberação controlada de clorexidina como coadjuvante no tratamento das periodontites agressivas. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: