Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Razão em números: a presença das estatísticas nos discursos educacionais divulgados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (1944-1952) (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GIL, NATALIA DE LACERDA - FE
  • USP Schools: FE
  • Subjects: ESTATÍSTICA ESCOLAR (HISTÓRIA); HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo pretende contribuir para o conhecimento dos modos pelos quais se organizaram os discursos sobre educação. Nesse sentido, buscou-se investigar as características dos textos que, versando sobre a questão educacional, mencionam dados numéricos. O intuito era identificar as formas e as funções assumidas pelos números nos discursos sobre a educação brasileira, tentando-se compreender as permanências e mudanças nos argumentos e ressaltando-se as categorias que organizam esses discursos. Inserindo no quadro das pesquisas históricas acerca da imprensa periódica educacional, assume como fonte nuclear da investigação a Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, editada desde 1944 pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP). A partir da análise dos artigos publicados nesse periódico, buscou-se identificar a posição das construções discursivas que se utilizavam dos algarismos do ensino nos debates sobre educação no Brasil. Nesse sentido, as estatísticas são tomadas como objeto central da investigação. No conjunto das descrições que se baseiam em números, especial atenção foi dada às estatísticas oficiais, que por serem produzidas por órgãos de Estado, usufruíam legitimidade entre os responsáveis pela condução das políticas educacionais. O período considerado neste trabalho assume como marco inicial o ano de 1944, quando a revista do INEP começou a circular, e tem em 1952 a data final da investigação, visto que naquele ano adireção do Instituto passou às mãos de Anísio Teixeira. A partir da análise empreendida no interior da publicação foi possível identificar a farta presença de estatísticas sobre educação, o que se articula aos objetivos assumidos pelo Instituto nos seus primeiros anos de funcionamento. À medida que se procedeu à caracterização dos modos pelos quais os números configuram o discurso oficial identificou-se a articulação das informações estatísticas com as ) preocupações acerca da administração da educação popular. Foram localizados artigos em que as estatísticas participam decisivamente da argumentação desenvolvida no texto, nos quais as cifras assumem destacada importância na referência laudatória das ações governamentais e indicam os progressos do ensino; outros em que os números prestam-se ao estabelecimento de uma escala de prestígio entre os estados, uma vez que expõem as situações de cada região explicitando-lhes as lacunas e indicando as situações modelares; e, ainda, artigos que tratam de situações de outros países ou momentos anteriores ao período em questão, em que os dados quantitativos não se articulam com a argumentação, limitando-se a descrever a abrangência educacional das situações mencionadas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 04.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FE20500063375T 37(09) G463r
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GIL, Natália de Lacerda; CATANI, Denice Bárbara. Razão em números: a presença das estatísticas nos discursos educacionais divulgados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (1944-1952). 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Gil, N. de L., & Catani, D. B. (2002). Razão em números: a presença das estatísticas nos discursos educacionais divulgados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (1944-1952). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gil N de L, Catani DB. Razão em números: a presença das estatísticas nos discursos educacionais divulgados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (1944-1952). 2002 ;
    • Vancouver

      Gil N de L, Catani DB. Razão em números: a presença das estatísticas nos discursos educacionais divulgados na Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (1944-1952). 2002 ;