Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo dos óbitos ocorridos em uma clínica de hemodiálise no interior do estado de São Paulo e sua relação com acesso vascular e eficácia dialítica (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: REIS, ERCIA MISSAIO KOTO DOS - EERP
  • USP Schools: EERP
  • Sigla do Departamento: ERG
  • Subjects: HEMODIÁLISE (MORTALIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: Estudo descritivo e comparativo, desenvolvido em uma Clínica de Hemodiálise , da cidade de Ribeirão Preto, estado de São Paulo, cujo objetivo foi verificar a relação dos óbitos de pessoas portadoras de doença renal crônica, em tratamento hemodialítico, com o acesso vascular e eficácia dialítica, entre dois grupos definidos por períodos distintos relacionados à implantação de um protocolo assistencial para normatizar condutas referentes ao acesso vascular em uma clínica de hemodiálise. O primeiro período, considerado pré-implantação do protocolo, compreendeu de setembro de 1997 a abril de 2000, totalizando 32 meses e o segundo, após-implantação deste protocolo, de julho de 2000 a junho de 2002, totalizando 24 meses. Cada período foi composto por pessoas que permaneceram em tratamento dialítico, denominado por Grupo A; e pessoas que foram a óbito, denominado Grupo B. Os dados foram coletados do Livro de registros de infecção hospitalar e prontuário do paciente. A eficácia dialítica foi avaliada por meio dos valores do Kt/V e hematócrito. A população do estudo foi composta por 167 pessoas. Destas, 119 pertenceram ao primeiro período, com 86 (72,3%) do grupo A , e 33 (27,7%) do grupo B. No segundo período, 40 (83,3%) no grupo A e oito (16,7%), no grupo B. Houve predomínio do sexo masculino na faixa etária de 50 a 60 anos e feminino, na de 40 a 50 anos. O diabetes destacou-se como principal causa de insuficiência renal no grupo A e a hipertensão arterialno grupo B no primeiro período e a hipertensão arterial no grupo A e B, no segundo. No primeiro período, verificou-se maior percentual de óbitos em indivíduos masculinos, e naqueles que tiveram como causas a insuficiência renal a hipertensão arterial e tempo de tratamento <= 90 dias; as causas de óbitos infecciosas (septicemia) relacionaram-se ao uso do cateter e as não infecciosas (cerebrovasculares), ao uso da fistula; quanto a eficácia dialítica, observou-se .. nas pessoas do grupo B, com cateter, em ambos os sexos, nas faixas etárias <= ou > 60 anos, tempo de tratamento menor que 90 dias e nas diversas causas de insuficiência renal, que o Kt/V e o hematócrito estavam aquém do ideal em relação àquelas do grupo A; nos dois grupos em uso de fistula, o Kt/V e hematócrito encontravam-se mais elevados. No segundo período, as principais causas de óbitos foram as neoplasias e as indeterminadas; verificou-se uma redução importante da mortalidade, após a implantação do protocolo na unidade, principalmente nas pessoas utilizando cateter; nas pessoas do grupo A, observou-se um maior percentual de pessoas com fistula de fluxo sangüíneo adequado, maior tempo de tratamento e valores ideais de Kt/V e Ht. Conclui-se que o acesso vascular com taxa insuficiente de fluxo sangüíneo não proporciona dose adequada de diálise. Quando não manipulado adequadamente, o cateter de duplo lúmen predispõe a complicações infecciosas que podem culminar com óbito emqualquer faixa etária, causa de insuficiência renal, sexo e tempo de tratamento, além da inadequada dose de diálise. A fistula com baixo fluxo sangüíneo pode estar associada à remoção inadequada de escórias nitrogenadas e peso interdialítico
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 19.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EE10200007480T2324
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      REIS, Ercia Missaio Koto dos; PACE, Ana Emilia. Estudo dos óbitos ocorridos em uma clínica de hemodiálise no interior do estado de São Paulo e sua relação com acesso vascular e eficácia dialítica. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Reis, E. M. K. dos, & Pace, A. E. (2002). Estudo dos óbitos ocorridos em uma clínica de hemodiálise no interior do estado de São Paulo e sua relação com acesso vascular e eficácia dialítica. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Reis EMK dos, Pace AE. Estudo dos óbitos ocorridos em uma clínica de hemodiálise no interior do estado de São Paulo e sua relação com acesso vascular e eficácia dialítica. 2002 ;
    • Vancouver

      Reis EMK dos, Pace AE. Estudo dos óbitos ocorridos em uma clínica de hemodiálise no interior do estado de São Paulo e sua relação com acesso vascular e eficácia dialítica. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: