Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis Berliner, 1911) sobre a ocorrência de insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus) em dois sistemas de cultivo (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FERNANDES, MAURICIO DO CARMO - FFCLRP
  • USP Schools: FFCLRP
  • Sigla do Departamento: 592
  • Subjects: ENTOMOLOGIA AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: O ojetivo geral do presente estudo foi avaliar a influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis) sobre a ocorrência de alguns insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus). Os experimentos foram realizados em três diferentes ambientes no Estado de Mato Grosso. Além dos estudos sobre a influência de inseticidas químicos e biológico sobre a incidência de Alabama argillacea e Aphis gossypii, outras características agronômicas também foram estudadas, como a influência das populações dos insetos em relação aos espaçamentos convencional (0,90 m) e ultra reduzido (0,45 m). As doses utilizadas de Dipel foram as seguintes: 0,50 L/ha, 0,75 L/ha e 1,00 L/ha e os inseticidas convencionais foram utilizados de acordo com os esquemas de pulverizações adotados em cada localidade. As parcelas experimentais foram constituídas por 6 linhas no espaçamento convencional e 12 linhas para o espaçamento ultra reduzido, sendo 15 m o comprimento das linhas. As aplicações do inseticida biológico foram feitas seqüencialmente a cada 10 dias e os inseticidas químicos foram utilizados de acordo com os índices de dano econômico verificado através de monitoramento semanal. Bioensaios foram realizados para comparar e verificar a dose mais adequada sobre a eficácia de Dipel em lagartas pequenas e grandes de A. argillacea. Foram obtidos dados sobre a porcentagem e tempo de mortalidade das larvas e também, realizados testes deobservação comportamental para verificar a distinção do alimento com e sem inseticida biológico. Os resultados demonstraram que o Dipel 0,75 L/ha é suficiente para manter a população de A. argillacea abaixo do nível de dano econômico e não interfere na incidência dos inimigos naturais que Ocorrem naturalmente. Também foi observado que o inseticida biológico não exerce qualquer influência na população de pulgões, somente mantem o equilíbrio da interação pulgão x ) parasitóide. Quanto aos espaçamentos utilizados, o ultra reduzido apresentou maior número de insetos praga e inimigos naturais, também maior produtividade de algodão em caroço. Desse modo, foi verificado que a utilização de alternativas para redução de custos na produção de algodão exige cuidados especiais para que não ocorra o contrário, ou seja, aumento do risco
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 14.11.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCLRP20800043249Fernandes, Maurício do Carmo
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FERNANDES, Maurício do Carmo; BORTOLI, Sérgio Antônio de. Influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis Berliner, 1911) sobre a ocorrência de insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus) em dois sistemas de cultivo. 2002.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2002.
    • APA

      Fernandes, M. do C., & Bortoli, S. A. de. (2002). Influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis Berliner, 1911) sobre a ocorrência de insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus) em dois sistemas de cultivo. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Fernandes M do C, Bortoli SA de. Influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis Berliner, 1911) sobre a ocorrência de insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus) em dois sistemas de cultivo. 2002 ;
    • Vancouver

      Fernandes M do C, Bortoli SA de. Influência do inseticida biológico Dipel (Bacillus thuringiensis Berliner, 1911) sobre a ocorrência de insetos praga e inimigos naturais na cultura do algodoeiro (Gossypium hirsutum Linnaeus) em dois sistemas de cultivo. 2002 ;