Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Anêmonas-do-mar com acôncios (Anthozoa: Actiniaria, Mesomyaria): análise morfológica e molecular (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PINTO, SUZANA MACHADO - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIZ
  • Subjects: ANTHOZOA; ANÁLISE MORFOLÓGICA
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho tem como objetivo principal avaliar o atual conhecimento sistemático das espécies de anêmonas-do-mar Mesomyaria provenientes da costa brasileira, através de suas abordagens diferentes e independentes. Dez espécies foram estudadas: Aiptasia pallida Vernill, 1864, Bellactis ilkalyseae Dube, 1983, Tricnidactis errans Pires, 1988, Haliplanella lineta (Verril, 1869), Diadumene sp, Anthothoe chilensis (Lesson, 1830), Carcinactis dolosa Riemann-Zürneck, 1975, Calliactis tricolor (Lesuer, 1817), Telmatactis roseni Watzl, 1922 e Telmatactis rufa (Verrill, 1900). A primeira aobrdagem consiste num estudo descritivo das espécies, utilizando os caracteres da anatomia externa e interna, da microanatomia e das cnidas. Na análise é apresentado um estudo qualitativo da diversidade dos tipos e subtipos de nematocistos registrados em 5 estruturas, tentáculos, coluna, faringe, filamentos mesentéricos e acôncios. Foram identificados oito tipos morfológicos de cnidas: espirocistos, b-rabdóides A, p-rabdóides B1a, p-rabdóides B1b, p-rabdóides B2a, p-rabdóides C e holótricos. Nas esécies A. pallida e B. ilkalyseae foram observados 4 tipos de nematocistos nos acôncios. A ocorrência de quatro tipos de nematocistos nos acôncios em Aiptasiidae e a presença de p-rabdóides C nas espécies A. pallida, B. ilkalyseae, H. lineata e T. errans são inéditas. A classificação e a nomenclatura de nematocistos apresentada por Schmidt foram fundamentais ao reconhecimento dosdiferentes tipos e sub-tipos de nematocistos observados nas espécies estudadas. Com base nas características microanatômicas, incluindo tipos e distribuição de nematocistos, a espécie B. ilkalyseae pertence à família Aiptasiidae, não à Sagartiidae. As diferenças microanatômicas observadas entre os espécimens de Telmatactis roseni e as espécies de todos os gêneros da família Isophelliidae, permitirão a criação de um gênero novo para esta espécie. A segunda ) abordagem apresenta um estudo pioneiro em análise de padrões de amplificação de fragmentos de DNA flaqueados por microssatélites específicos no genoma nuclear para a caracterização do perfil genético de doze espécies de anêmonas-do-mar com acôncios. Para tanto, empregou-se a técnica de SPAR-PCR (Simple Primer Amplification Reaction/Polymerase Chain Reaction). Além das espécies de Mesomyaria estudadas foram analisadas duas espécies: Anthopleura krebsi Duchassaing & Michelotti, 1860, e Discosoma calgreni (Watzl, 1922). Estas espécies foram incluidas na análise genética com fins comparativos. Nesse estudo foi proposto, ainda, um método específico de extração de DNA total para as anêmonas-do-mar, que levasse à obtenção de DNA puro e íntegro para ser utilizado em diferentes tipos de análises moleculares. Foram detectadas amplificações positivas com o primer (GACA)n em 7 espécies de anêmonas-do-mar A. pallida, T. rufa, C. tricolor, C. dolosa, A. chilensis, A. krebsi e D. carlgreni. As espécies B. ilkalyseae,Diadumene sp e T. roseni compartilham o mesmo padrão de amplificação nas populações analisadas. Não houve amplificação com o "primer" tetranucleotídico (GACA)4 nas espécies H. lineata e T. errans, de modo que, não foi possível estabelecer os padrões específicos para ambas as espécies. Os resultados obtidos no presente estudo evidenciam uma homogeneidade genética nas populações estudadas. Nas populações de A. pallida verificaram-se indícios de polimorfismos genéticos associados à disribuição geográfica. Este estudo confirma ainda que a combinação de diferentes abordagens, tais como morfologia e biologia molecular, potencializa a compreensão dos eventos evolutivos das espécies. No caso específico das anêmonas-do-mar, o estudo demonstrou que a aplicação de técnicas moleculares fortalece a compreensão da diversidade e da distribuição geográfica destas espécies e pode ser considerado precursor na ) aplicação das técnicas para este fim
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000023225D-957
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINTO, Suzana Machado; SCHLENZ, Erika. Anêmonas-do-mar com acôncios (Anthozoa: Actiniaria, Mesomyaria): análise morfológica e molecular. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Pinto, S. M., & Schlenz, E. (2002). Anêmonas-do-mar com acôncios (Anthozoa: Actiniaria, Mesomyaria): análise morfológica e molecular. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Pinto SM, Schlenz E. Anêmonas-do-mar com acôncios (Anthozoa: Actiniaria, Mesomyaria): análise morfológica e molecular. 2002 ;
    • Vancouver

      Pinto SM, Schlenz E. Anêmonas-do-mar com acôncios (Anthozoa: Actiniaria, Mesomyaria): análise morfológica e molecular. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: