Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Modelagem dos riscos ambientais causados pela atividade humana em recursos hídricos através de análise geográfica computadorizada (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: FAGUNDES, ROSANE CORREA - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIE
  • Subjects: RECURSOS HÍDRICOS; RISCO AMBIENTAL; ÁGUA DOCE (QUALIDADE); SENSORIAMENTO REMOTO
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo de parâmetros que indicam a qualidade da água tem sido de grande valor para apoiar trabalhos, que visam a melhor compreensão do ambiente. O objetivo deste trabalho é fazer o levantamento de parâmetros químicos e hidrológicos do Rio Sorocaba e seus afluentes Ipanema e Ribeirão do Ferro, com a finalidade de urilizá-los em estudos de gerenciamento do recurso. Foram utilizados os seguintes parâmetros químicos e hidrológicos da água: OD, DBO, sódio, amônia, nitrato, ferro e vazão. O Rio Sorocaba, ao atravessar as cidades recebe um grande volume de despejo, apresentando qualidade de água degradada, indicada pelos valores das concentrações médias de DBO, sódio, nitrato e amônia e das baixas concentrações médias de OD. O Rio Ipanema e o Ribeirão do Ferro possuem água de boa qualidade, apresentando baixos valores médios para as concentrações de DBO, amônia, sódio e nitrato e elevadas concentrações média de OD. O rio Ipanema apresenta menor volume de água que o Sorocaba, sendo o Ribeirão do Ferro de porte ainda mais reduzido indicando a necessidade de gerenciamento e monitoração das atividades que visam sua utilização. O objetivo deste trabalho foi caracterizar espacialmente os componentes importantes para a conservação da microbacia do Rio Sorocaba e seus afluentes Ipanema e Ribeirão do Ferro. Foram utilizados os parâmetros ambientais: uso e ocupação, relevo e tipos de solos, associados com os seguintes parâmetros abióticos da água: OD, DBO, sódio,amônia, nitrato, ferro e vazão. O rio Sorocaba está localizado nas áeas de menor altitude e mais plana da região com solos pouco drenados e ao atravessar as cidades recebe um grande volume de despejo, apresentando qualidade de água degradada. O rio Ipanema e o Ribeirão do Ferro estão predominantemente em solos podzólicos, possuem mata ciliar parcialmente preservada e água de boa qualidade. A utilização do SIG e SRO possibilitou a extração e avaliação dos dados com ) maior eficiência. A divisão de uma região em áreas homogêneas pode auxiliar no planejamento de atividades desse local. Neste sentido, tornou-se um trecho do rio Sorocaba_SO e seus afluentes rio Ipanema e Ribeirão do Ferro para determinar as áreas homogêneas, baseando-se em alguns parâmetros específicos. Assim, utilizando um Sistema de Informações Geográficas (SIG), combinou-se os componentes: hidrografia, relevo, declividade, tipo de solo (através de geoprocessamento), uso e ocupação das terras (através de sensoriamento remoto orbital) e alguns parâmetros de qualidade da água. A combinação desses fatores resultou em sete áreas consideradas homogêneas. O trecho do rio Sorocaba atravessou três áreas homogêneas: a primeira que atravessa um grande centro urbano, não apresenta mata ciliar e apresentam qualidade da água degradada; as outras duas estão predominantemente em solos hidromórficos e apresenta qualidade de água degradada. A sub-bacia do rio Ipanema, que está em uma região com solo podzólico,apresenta qualidade de água boa e conta com mata ciliar parcialmente preservada. A FLONA (Floresta Nacional de Ipanema) foi recomendada para proteção total por apresentar vegetação natural (Mata Atlântica) e por ter topografia íngreme, na faixa indicada para preservação permanente. Diversas pesquisas têm demonstrado a relação entre a qualidade da água e os componentes da paisagem. partindo deste fato, o objetivo deste trabalho foi identificar as áreas de maior risco para os recursos hídricos, em função da ocupação de terras próximas ao canal e do lançamento de efluentes. A área estudada foi um trecho do rio Sorocaba e seus afluentes rio Ipanema e Ribeirão do Ferro. O mapa de risco foi obtido a partir da combinação de diversas informações dentro de um modelo multicritério disponível no IDRISI. A região da Floresta Nacional de Ipanema e dos centros urbanos foram consideradas as regiões de maior risco ) potencial para o recurso água. O menor risco atribuído foi para a região do rio Ipanema. A ocupação de áreas muito próximas ao canal dos rios e nascentes foi considerada de risco elevado
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.02.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000020873D-963
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      FAGUNDES, Rosane Corrêa; BITENCOURT, Marisa Dantas. Modelagem dos riscos ambientais causados pela atividade humana em recursos hídricos através de análise geográfica computadorizada. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Fagundes, R. C., & Bitencourt, M. D. (2003). Modelagem dos riscos ambientais causados pela atividade humana em recursos hídricos através de análise geográfica computadorizada. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Fagundes RC, Bitencourt MD. Modelagem dos riscos ambientais causados pela atividade humana em recursos hídricos através de análise geográfica computadorizada. 2003 ;
    • Vancouver

      Fagundes RC, Bitencourt MD. Modelagem dos riscos ambientais causados pela atividade humana em recursos hídricos através de análise geográfica computadorizada. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: