Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Respostas cecidogênicas no modelo Aspidosperma australe (Apocynaceae)-Pseudophacopteron sp (Homoptera: Phacopteronidae) (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHRISTIANO, JACIARA DE CASSIA SOUZA - IB
  • USP Schools: IB
  • Sigla do Departamento: BIB
  • Subjects: GALHA; ANATOMIA VEGETAL
  • Language: Português
  • Abstract: Galhas são estruturas resultantes da ação de parasitas extremamente especializados sobre as células e/ou tecidos de um hospedeiro. A formação das galhas tem um alto valor adaptativo para o indutor, devido a melhorias nutricionais, microambientais e a proteção conferida contra seus inimigos naturais. Indivíduos de Aspidosperma australe Müell. Arg. (Apocynaceae), uma árvore utilizada na arborização do campus Pampulha da Universidade Federal de Minas Gerais, mostraram uma alta infestação de galhas foliares induzidas por uma espécie não descrita de Pseudophacopteron (Psylloidea: Phacopteronidae). Folhas jovens e adultas, sadias e com galhas em diferentes fases de desenvolvimento, foram coletadas destes indivíduos com os objetivos de: (1) analisar a estrutura externa e interna e a caracterização hostoquímica das folhas, relacionando os resultados encontrados com a ampla vulnerabilidade do órgão à formação de galhas; (2) determinar as alterações anatômicas e histoquímicas induzidas pelo Psudophacopteron sp nos tecidos foliares; e (3) verificar o grau do impacto estrutural e fisiológico, em nível de derivados fenólicos, causado pela ação do galhador sobre os tecidos foliares. quanto a susceptibilidde ds folhas à formação de galhas, as adultas apresentam mais mecanismos estruturais e histoquímicos que limitam a ação do Psudophacopteron sp quando comparadas às jovens. A galha estudada é do tipo em bolso, monotálama e histióide sendo sua formação restrita à face abaixal dafolha, predominantemente sobre as nervuras de segunda ordem. Nestas nervuras, a ocorrência de laticíferos, estruturas potencialmente antiherbivóricas, é muito menor do que na nervura de primeira ordem, o que denota um comportamento de escape pelo Psudophacopteron sp. O indutor apresenta seis estágios de desenvolvimento: ovo, quatro ninfas e imago, sendo que apenas as fases ninfais estão relacionadas aos estágios de indução, diferenciação, ) crescimento, maturação e senescência da galha. O galhador apresenta uma extrema adaptação à densa pilosidade das folhas jovens, ovipositando junto aos tricomas que parecem auxiliar na manutenção da umidade junto aos ovos ao atuar como defesa contra seus inimigos naturais. Durante a cecidogênese, respostas morfogênicas específicas a cada estágio do desenvolvimento ninfal foram observadas. A cecidogênese é conseqüência dos processos-chave de hipotrofia, hipertrofia celular e hiperplasia dos tecidos, além de alterações de algumas vias metabólicas. O impacto estrutural da atividade cecidogênica de Pseudophacopteron sp nos tecidos foliares de A. australe é reduzido, sendo acompanhado por pocuas alterações na produção de derivados fenólicos, o que foi verificado pelos perfis cromatográficos comparativos dos derivados fenólicos de folhas sadias e com galhas
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 22.11.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IB12000020914M-1074
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHRISTIANO, Jaciara de Cássia Souza; KRAUS, Jane Elizabeth. Respostas cecidogênicas no modelo Aspidosperma australe (Apocynaceae)-Pseudophacopteron sp (Homoptera: Phacopteronidae). 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Christiano, J. de C. S., & Kraus, J. E. (2002). Respostas cecidogênicas no modelo Aspidosperma australe (Apocynaceae)-Pseudophacopteron sp (Homoptera: Phacopteronidae). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Christiano J de CS, Kraus JE. Respostas cecidogênicas no modelo Aspidosperma australe (Apocynaceae)-Pseudophacopteron sp (Homoptera: Phacopteronidae). 2002 ;
    • Vancouver

      Christiano J de CS, Kraus JE. Respostas cecidogênicas no modelo Aspidosperma australe (Apocynaceae)-Pseudophacopteron sp (Homoptera: Phacopteronidae). 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: