Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Citologia dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de bezerros Holandeses sem alterações respiratórias no primeiro mês de vida (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: WACHHOLZ, LUCIA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VCM
  • Subjects: BEZERROS; CITOLOGIA (MÉTODOS)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo teve como objetivos estabelecer os valores relativos fisiológicos e estudar a dinâmica de variação dos diferentes tipos celulares presentes nas regiões traqueobrônquica e broncoalveolar do pulmão de bezerros neonatos, avaliando comparativamente dois métodos de colheita de lavado pulmonar. Para essa finalidade, foram selecionados 20 bezerros machos, sem alterações respiratórias, da raça Holandesa Preta e Branco, distribuídos aleatoriamente por dois grupos experimentais: G1 - Colheita do LTB pelo método da traqueocentese (n = 10); G2 - Colheita do LBA pelo método da sondagem nasotraqueal (n = 10). As colheitas foram realizadas a cada sete dias a partir da primeira semana de vida até aproximadamente 30 dias de vida dos bezerros neonatos. Os animais foram controlados através do exame físico diário e avaliação complementar semanal (hemograma, bioquímica sérica e hemogasometria). Para a colheita do lavado pelos dois métodos, os animais foram contidos em decúbito lateral esquerdo instilando-se em alíquotas um total de 40 ml de solução de Cloreto de Sódio estéril, recuperando-se de 0,5% a 20% e 60% da solução instilada, respectivamente, para a traqueocentese (LTB) e sondagem nasotraqueal (LBA). As lâminas, para avaliação citológica, foram confeccionadas a partir de uma alíquota de 200'mü'l do lavado pulmonar, através da citocentrifugação, seguida da coloração pelo método de Rosenfeld. Foram diferenciadas e quantificadas 400 células por lâmina,calculando-se então, os valores relativos de cada tipo celular identificado. Considerou-se na análise dos resultados os métodos de colheitas, as regiões do trato respiratório submetidas aos lavados e a semana pós nascimento da colheita no primeiro mês de vida dos neonatos. Os macrófagos alveolares e os neutrófilos apresentaram uma correlação negativa (r = -0,90) e altamente significativa conforme o método de colheita e a região pulmonar estudada. As (continua) ) de macrófagos alveolares no G1, ao longo das colheitas, demonstraram uma progressiva diminuição, provada significativa na quarta semana (62,15%, 34,30%, 34,50%, 20,15%), diferindo esse comportamento daquele obtido no G2, no qual os porcentuais medianos foram estáveis (75,50%, 63,50%, 75,65%, 70,55%). De forma inversa, as porcentagens dos neutrófilos no G1 apresentaram valores crescentes e significativamente maiores (15,30%, 59,40%, 63,40%, 75,80%) que aqueles observados no G2 (12,40%, 3,65%, 19,30%, 11,00%). Os macrófagos gigantes e as células epiteliais ciliadas, caracterizaram-se pela ausência de variações significativas dos seus porcentuais na comparação entre os métodos utilizados, as regiões submetidas aos lavados e entre as quatro semanas de colheita. Os valores gerais das medianas dos linfócitos no G1 (1,90%) e no G2 (1,90%), demonstraram uma pequena participação no quadro citológico obtido no LTB e no LBA, sendo acompanhado, por similar comportamento pelos eosinófilos que foram praticamente inexistentes emambos os grupos e semanas de vida. A colheita realizada através da sondagem nasotraqueal mostrou-se menos invasiva quando comparada àquela realizada pelo método de traqueocentese
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300022298T.1171 FMVZ e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      WACHHOLZ, Lúcia; BENESI, Fernando José. Citologia dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de bezerros Holandeses sem alterações respiratórias no primeiro mês de vida. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Wachholz, L., & Benesi, F. J. (2002). Citologia dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de bezerros Holandeses sem alterações respiratórias no primeiro mês de vida. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Wachholz L, Benesi FJ. Citologia dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de bezerros Holandeses sem alterações respiratórias no primeiro mês de vida. 2002 ;
    • Vancouver

      Wachholz L, Benesi FJ. Citologia dos lavados traqueobrônquico (LTB) e broncoalveolar (LBA) de bezerros Holandeses sem alterações respiratórias no primeiro mês de vida. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: