Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da biodisponibilidade relativa de fósforo em fosfatos comerciais usados na alimentação de frangos de corte (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: RIZZO, MAYRA FERNANDA - FMVZ
  • USP Schools: FMVZ
  • Sigla do Departamento: VNP
  • Subjects: FRANGOS DE CORTE; FOSFATOS; SANGUE (PARÂMETROS); OSSO E OSSOS (PARÂMETROS); BIODISPONIBILIDADE; FÓSFORO
  • Language: Português
  • Abstract: Foram utilizados 950 frangos de corte machos Hubbard em um teste em baterias (10 aves/gaiola) com duração de 21 dias para determinar a biodisponibilidade relativa do P (BRP) de 8 amostras de fosfatos comerciais, utilizando como padrão o fosfato bicálcico dibásico, quimicamente puro. Dois níveis de cada fosfato foram adicionados à uma dieta basal a base de milho e farelo de soja (22% proteina e 0,40 % P total + 0,08 % de P fornecido pelo fosfato padrão), de modo a fornecer 0,08 e 0,16% de P suplementar. A dieta basal foi formulada de modo a atender as exigências nutricionais, segundo NRC (1994), exceto P. O nível de Ca foi mantido constante (1,0%) em todas as dietas experimentais. Ao término do experimento, foram colhidas amostras de sangue para análise de Ca, P e fosfatase alcalina (ALP) plasmáticos e removidas as tíbias esquerdas para determinação de porcentagem de cinzas na tíbia (PCT) e no dedo médio (PCD). Ganho de peso (GP), consumo de ração e P plasmático aumentaram enquanto Ca plasmáticos diminuiu linearmente (P<0,01), em resposta aos incrementos de P na dieta, independentemente da fonte de fósforo. Valores de BRP foram calculados a partir de GP aos 21 dias ou PCT pelo método de slope-ratio, no qual a inclinação da curva de regressão, em função de níveis de P suplementar, para cada fosfato testado foi dividida pela inclinação da linha de regressão para o fosfato padrão, para o qual se estabeleceu o valor de 100%. As estimativas de disponibilidadede P variaram de acordo com o critério empregado: GP (87,5 a 102,3 %) e PCT (62,9 a 95,7%), Não se observaram grandes variações de disponibilidade de P entre os fosfatos testados. Considerando todos os fosfatos estudados, a mais elevada média geral de BRP foi obtida a partir de valores de GP (94,7%) em comparação à média obtida a partir de PCT (85,5%)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 11.12.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMVZ11300023047T.1159 FMVZ e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      RIZZO, Mayra Fernanda; LIMA, Felix Ribeiro de. Avaliação da biodisponibilidade relativa de fósforo em fosfatos comerciais usados na alimentação de frangos de corte. 2002.Universidade de São Paulo, Pirassununga, 2002.
    • APA

      Rizzo, M. F., & Lima, F. R. de. (2002). Avaliação da biodisponibilidade relativa de fósforo em fosfatos comerciais usados na alimentação de frangos de corte. Universidade de São Paulo, Pirassununga.
    • NLM

      Rizzo MF, Lima FR de. Avaliação da biodisponibilidade relativa de fósforo em fosfatos comerciais usados na alimentação de frangos de corte. 2002 ;
    • Vancouver

      Rizzo MF, Lima FR de. Avaliação da biodisponibilidade relativa de fósforo em fosfatos comerciais usados na alimentação de frangos de corte. 2002 ;