Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Dimensão social do urbanismo moderno no Brasil: a gênese conservadora (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: QUINTO JUNIOR, LUIZ DE PINEDO - FAU
  • USP Schools: FAU
  • Sigla do Departamento: AUH
  • Subjects: PLANEJAMENTO TERRITORIAL URBANO (HISTÓRIA)
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo desta tese foi compreender como a formação histórica da ocupação territorial em países de formação colonial como EUA e Brasil está relacionada com os projetos de dominação e reprodução sócio-espacial. Enquanto a construção da cidade moderna européia voltou-se mais para a questão da reforma urbana e a questão do problema habitacional, a cidade nas Américas deu ênfase para a ocupação do território, em função do desenvolvimento das forças produtivas. As diferenças entre experiências das Américas e da Europa no urbanismo, são o ponto de partida epistemológico das origens do urbanismo americano. A história do urbanismo americano, por sua vez, tem sua origem no mercantilismo, com forte influência iluminista e democrática no seu processo de modernização. A origem do urbanismo paisagístico nos EUA é tratada na segunda parte associada ao movimento cultural American Renascence, durante o século XIX. A transformação social ocorrida no Brasil neste período decorreu de mudanças no complexo agro-exportador em que as cidades vêm a refletir as transformações sócio-econômicas em nível nacional. No Brasil, a modernização da cidade mercantil assumiu a forma conservadora, o que gerou, por sua vez, o que é conhecido como urbanismo moderno no Brasil
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.08.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FAU20200018053711.0981 Q46d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      QUINTO JÚNIOR, Luiz de Pinedo; LAMPARELLI, Celso Monteiro. Dimensão social do urbanismo moderno no Brasil: a gênese conservadora. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Quinto Júnior, L. de P., & Lamparelli, C. M. (2002). Dimensão social do urbanismo moderno no Brasil: a gênese conservadora. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Quinto Júnior L de P, Lamparelli CM. Dimensão social do urbanismo moderno no Brasil: a gênese conservadora. 2002 ;
    • Vancouver

      Quinto Júnior L de P, Lamparelli CM. Dimensão social do urbanismo moderno no Brasil: a gênese conservadora. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: