Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

O estudo da dinâmica psíquica de crianças pertencentes a famílias de baixa-renda por meio do procedimento de desenhos-estórias (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: KIILL, KARINA - IP
  • USP Schools: IP
  • Sigla do Departamento: PSC
  • Subjects: DESENVOLVIMENTO INFANTIL; TÉCNICAS PROJETIVAS
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho teve como objetivo o estudo das características de funcionamento emocional de crianças pertencentes a famílias de baixa renda; bem como ampliar a utilização do D-E para o atendimento a esta população e desenvolver uma relação entre a teoria de Winnicott e o instrumento utilizado. Para que tais objetivos fossem alcançados foi empregado o Procedimento de Desenhos-Estórias (D-E), proposto por Trinca (1976 ). Participaram desta pesquisa 10 crianças, com faixa etária entre sete e nove anos de idade; pertencentes a famílias de baixa-renda, assim consideradas quando tinham uma renda mensal de, no máximo, três salários mínimos. Foi utilizado o método de estudo de caso clínico. Os dados obtidos foram emparelhados e confrontados com os resultados obtidos no trabalho desenvolvido por Tardivo (1985), que obteve a padronização do D-E com crianças de nível sócio-econômico médio. Foi realizada a análise de Conteúdo dos D-E. Adotamos como referencial os grupos e traços obtidos nos estudos de Tardivo (1985). Os dados dos participantes deste trabalho foram analisados e as conclusões e resultados foram discutidos à luz da Teoria desenvolvida por D. W. Winnicott. Foi possível observar vários dados relacionados ao desenvolvimento destes sujeitos, a partir destes procedimentos. No que se refere à análise dos aspectos gráficos, os desenhos apresentam-se bastante regredidos, o que confirma a existência de mecanismos primitivos para lidar com a realidade. As unidades de produçãorevelaram a presença elevada de atitudes de insegurança, traços de hostilidade (com atitudes de oposição). ) Observamos a presença de sentimentos ambivalentes em relação às figuras parentais, a maior parte dos sujeitos expressa hostilidade ou omissão e falta de continência por parte dos pais. Prevalecem sentimentos derivados do conflito e grande necessidade de suprir faltas básicas de proteção, de ser cuidado e grande incidência de necessidades orais. Há também a prevalência de ansiedades paranóides e de mecanismos de defesa primitivos (como cisão, regressão e fixação a estágios primitivos e projeção). As conclusões deste trabalho mostraram que, por meio do D-E aplicado, as crianças são capazes de expressar seus conflitos básicos e as dificuldades encontradas nos diferentes contextos em que vivem. Da mesma forma, concluímos que esta técnica de avaliação psicológica é eficaz para uma primeira etapa, de planejamento de programas de intervenção direcionados às necessidades desta população
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.11.2002

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    IP12300012291T BF721 K48e e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      KIILL, Karina; TARDIVO, Leila Salomão de la Plata Cury. O estudo da dinâmica psíquica de crianças pertencentes a famílias de baixa-renda por meio do procedimento de desenhos-estórias. 2002.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2002.
    • APA

      Kiill, K., & Tardivo, L. S. de la P. C. (2002). O estudo da dinâmica psíquica de crianças pertencentes a famílias de baixa-renda por meio do procedimento de desenhos-estórias. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Kiill K, Tardivo LS de la PC. O estudo da dinâmica psíquica de crianças pertencentes a famílias de baixa-renda por meio do procedimento de desenhos-estórias. 2002 ;
    • Vancouver

      Kiill K, Tardivo LS de la PC. O estudo da dinâmica psíquica de crianças pertencentes a famílias de baixa-renda por meio do procedimento de desenhos-estórias. 2002 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: