Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Efeitos da viabilidade da levedura e da contaminação bacteriana na fermentação alcoólica (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHERUBIN, RUDIMAR ANTONIO - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Subjects: CONTAMINAÇÃO DE ALIMENTOS; CALDO DE CANA; FERMENTAÇÃO ALCOÓLICA; LEVEDURAS (VIABILIDADE)
  • Language: Português
  • Abstract: O presente estudo relata a avaliação da metodologia de microplaqueamento em gotas como uma forma alternativa para contagem da bactéria Lactobacillus fermentum CCT 1407 em cultura isolada, ou em cultura mista com Saccharomyces cerevisiae, utilizando o meio de cultivo MRS e actidiona como inibidor da levedura. A análise dos resultados revelou que a metodologia de microplaqueamento em gotas foi equivalente ao plaqueamento em profundidade, o qual é a metodologia rotineiramente utilizada. Este trabalho também relata o comportamento das linhagens Fleischmann, PE-2 e M-26 quando em cultivo misto com a bactéria L. fermentum CCT 1407 durante seis reciclos fermentativos realizados com mosto composto de 30% de melaço e 70% caldo de cana, incubados à temperatura de 32 oC. Foi utilizada a análise de variância para analisar as variáveis e análise sob o esquema parcelas subdivididas no tempo em delineamento blocos ao acaso. Os resultados obtidos mostram que ocorreram reduções de viabilidade nos tratamentos realizados com a linhagem Fleischmann promovendo um estímulo à multiplicação bacteriana, porém, os tratamentos com a linhagem PE-2 apresentaram menores reduções de viabilidade e o estímulo à multiplicação bacteriana foi menor. Ao comparar o comportamento das linhagens M-26 e PE-2 durante a fermentação em cultivo misto com L. fermentum CCT 1407 não houve diferença estatística significativa, através do teste F, para os seguintes parâmetros: viabilidade celular,rendimento fermentativo, teor alcoólico, massa microbiana e glicerol, sendo detectada diferença significativa para os parâmetros contaminação bacteriana e pH do vinho delevurado. Para o início do experimento comparativo entre as linhagens M-26 e PE-2 foi inoculada a bactéria (1,5.106 UFC.mL-1) e ao final do sexto ciclo as contaminações foram 3,3.107 UFC.mL-1 e 6,0.107 UFC.mL-1 nos tratamentos realizados com as linhagens M-26 e PE-2, respectivamente. O aumento da ) contaminação bacteriana estimulou a formação de glicerol. O teor de trealose apresentou relação positiva com a viabilidade sendo considerado um indicador das condições fisiológicas da levedura, independentemente da linhagem avaliada
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 23.05.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500035903t663.13 C523e e.2 81543
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHERUBIN, Rudimar Antonio; BASSO, Luiz Carlos. Efeitos da viabilidade da levedura e da contaminação bacteriana na fermentação alcoólica. 2003.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-10092003-144216/ >.
    • APA

      Cherubin, R. A., & Basso, L. C. (2003). Efeitos da viabilidade da levedura e da contaminação bacteriana na fermentação alcoólica. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-10092003-144216/
    • NLM

      Cherubin RA, Basso LC. Efeitos da viabilidade da levedura e da contaminação bacteriana na fermentação alcoólica [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-10092003-144216/
    • Vancouver

      Cherubin RA, Basso LC. Efeitos da viabilidade da levedura e da contaminação bacteriana na fermentação alcoólica [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11138/tde-10092003-144216/