Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Associação de marcadores moleculares a características de produção na raça Nelore (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BIASE, FERNANDO HENRIQUE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RGE
  • Subjects: GADO NELORE; MARCADOR MOLECULAR; PRODUÇÃO ANIMAL
  • Language: Português
  • Abstract: A investigação de polimorfismos no genoma pode contribuir para aumentar as informações sobre a variabilidade das características quantitativas. O objetivo deste trabalho foi obter a freqüência alélica dos polimorfismos dos genes kappa caseína (CSN3) e fator de transcrição da pituitária (PIT 1) e correlacionar a variabilidade genotípica com o valor genético dessas características economicamente importantes para a produção da raça nelore. Foram genotipados 408 e 241 animais para os polimorfismos do CSN3 e PIT 1, respectivamente. As diferenças esperadas na progênie (DEP) analisadas com o polimorfismo do CSN3 foram as maternas e diretas para peso aos 120 e 210 dias e diretas para peso aos 365, 450 e 550 dias. Para o polimorfismo do PIT 1, também foram analisadas as DEPs diretas para perímetro escrotal aos 365,450 e 550 dias. Na análise por regressão linear as DEPs foram consideradas variáveis dependentes e os genótipos variáveis independentes. Cada genótipo e DEP foram avaliados separadamente. A freqüência do alelo A da kappa caseína foi 0,908. Não houve significância (P>0,05) entre os genótipos quando estimado o efeito de substituição do alelo A para as DEPs. Os coeficientes de determinação indicaram pouca variabilidade causada pelos diferentes genótipos. Em relação ao polimorfismo do PIT 1, observamos um novo padrão de restrição enzimática, considerado um novo alelo para gene na raça nelore. As freqüências alélicas obtidas foram 0,00825, 0,7841 e0,2072 para A, B e C, respectivamente. Como resultado da regressão dos genótipos BB e BC sobre as DEPs, o efeito de substituição alélica foi significante (P<0,05) para a DEP perímetro escrotal aos 365 dias. Sugerimos que o polimorfismo do CSN3 não deve ser , utilizado como marcador em programas cujo objetivo é o crescimento precoce. Entretanto, consideramos o polimorfismo do PIT 1 um marcador adequado quando a característica selecionada é a precocidade reprodutiva
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.02.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200035541Biase, Fernando Henrique
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BIASE, Fernando Henrique; MARTELLI, Lúcia. Associação de marcadores moleculares a características de produção na raça Nelore. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Biase, F. H., & Martelli, L. (2003). Associação de marcadores moleculares a características de produção na raça Nelore. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Biase FH, Martelli L. Associação de marcadores moleculares a características de produção na raça Nelore. 2003 ;
    • Vancouver

      Biase FH, Martelli L. Associação de marcadores moleculares a características de produção na raça Nelore. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: