Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações Classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta "condensável" em molares decíduos: dois anos de acompanhamento (2002)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PEREIRA JUNIOR, EDMER SILVESTRE - FOB
  • USP Schools: FOB
  • Sigla do Departamento: BAO
  • Subjects: RESINAS COMPOSTAS; DENTE DECÍDUO; RESTAURAÇÃO DENTÁRIA; MALOCLUSÃO DE ANGLE CLASSE II; CIMENTOS DE IONÔMEROS DE VIDRO MODIFICADOS POR RESINA
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste estudo foi avaliar durante 2 anos a efetividade do cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer - 3M) e da resina composta "condensável" (Solitaire - Kulzer) em classe II de molares decíduos. Realizou-se a análise clínica qualitativa, radiográfica, avaliação direta nos molares decíduos esfoliados e microinfiltração marginal da restauração nos mesmos. Este estudo foi composto de 64 restaurações classe II de cimento de ionômero de vidro modificado por resina (Vitremer) e 59 de resina composta "condensável" (Solitaire). O preparo cavitário de classe II foi realizado de acordo com a extensão do processo de cárie, limitando-se apenas ao corte de entrada para o acesso à lesão e a remoção de todo tecido cariado, observando-se os princípios da dentística operatória moderna, sem extensão preventiva, conservando-se a maior quantidade de estrutura dentária sadia possível. Os materiais restauradores foram manipulados e inseridos de acordo com as instruções do fabricante, sendo que o Vitremer foi inserido com seringa Centrix (DFL) e a Solitaire com espátula antiaderente em incrementos. As restaurações foram avaliadas clinicamente no início, aos 6, 12, 18 e 24 meses pelo critério United States Public Health Service modificado RYGE e CVAR. A tomada radiográfica interproximal padronizada foi realizada no início e aos 24 meses. Após a esfoliação os trinta e seis dentes foram armazenados em água destilada com timol a 1% com finalidade deinibir o crescimento bacteriano. Estes foram analisados diretamente para avaliar a presença de cárie recorrente nas restaurações e a microinfiltração marginal. Posteriormente, as raízes foram seladas com resina composta Z 100 (3M) e aplicadas 2 camadas de esmalte de unha a 1mm das margens da restauração, sendo os espécimes imersos em solução de fucsina básica a 0.5%, à temperatura de 37o C por 24 horas. Após esse período, os mesmos sofreram lavagem em ) água corrente por 24 horas. Para o seccionamento, os espécimes foram incluídos em resina acrílica autopolimerizável para serem levados à máquina de corte. Cada dente sofreu 3 cortes com um disco diamantado, no sentido mésio-distal. O tamanho da recidiva de cárie, a análise indireta do tamanho das restaurações e a microinfiltração marginal na parede cervical de cada restauração dos dentes esfoliados foram avaliadas através de medidas lineares em um programa de computador (Sigma Scan). Utilizou-se o teste de Mann-Whitney para a análise entre materiais, e para a análise no mesmo material restaurador, porém em períodos diferentes de observação, utilizou-se o teste pareado de Wilcoxon. Já para a análise de medidas realizadas nas recidivas de cárie dos dentes esfoliados e da microinfiltração marginal utilizou-se o teste "t". O nível de significância de 5% foi adotado em todos os testes. Os resultados clínicos demonstraram após os 24 meses de avaliação que o Vitremer apresentou melhores resultados quando comparado aSolitaire. Os dados foram, respectivamente, na descoloração marginal de 89.00% e 33.89%; na forma anatômica de 56.25% e 11.86%; na integridade marginal de 46.87% e 15.25% e, na manutenção do contato proximal de 92.18% e 69.49%. Com relação à estabilidade de cor os dados foram de 79.68% e 80.35%, e quanto à textura da superfície foram de 37.50% e 81.35%, sendo que a Solitaire apresentou melhores resultados. Estas porcentagens são relativas ao escore Alpha na avaliação de 24 meses. Verificou-se que não houve influência geral direta, da remoção do teto da câmara pulpar para a terapia pulpar, no comportamento clínico dos materiais restauradores, somente em alguns quesitos de avaliação como descoloração marginal, textura da superfície e contato proximal é que os dentes que sofreram terapia pulpar apresentaram um desempenho um pouco inferior, sendo na maioria praticamente igual, ou até ) superior como no caso da estabilidade de cor com relação ao Vitremer. Quanto ao desempenho clínico avaliado através de radiografias, verificou-se, com relação à conformidade da restauração com o dente em relação ao contorno proximal, uma semelhança entre os grupos, não apresentando diferenças estatísticas, pois o Vitremer apresentou escore médio aos 24 meses de 1.08 e a Solitaire de 1.29. Já com relação à presença de radiolucidez na parede gengival, os resultados foram estatisticamente significantes, sendo que a resina composta apresentou um número maior de dentes comárea radiolúcida em esmalte e dentina em relação ao Vitremer, na avaliação de 24 meses, com média de 0.17 e 1.23, respectivamente. Ao analisar o desempenho clínico com relação ao tamanho da restauração e o dente em que esta se encontra, verifica-se uma conformidade nos resultados, onde o tamanho da restauração tende a não influenciar no resultado do material. A presença de cárie recorrente, qualitativa e quantitativa, avaliada nos dentes esfoliados, foi marcante na face proximal sendo que a resina composta empregada apresentou um número maior de lesões cavitadas, sendo este número estatisticamente significante, pois a média da Solitarie foi de 3.82mm2 e do Vitremer 0.11 'mm POT.2' de recidiva cavitada. Na face oclusal houve uma diferença estatisticamente significante entre os materiais testados, sendo a média da Solitaire de 1.25 'mm POT.2' de recidiva e o Vitremer não apresentou recidiva cavitada na oclusal. Ao analisar a microinfiltração marginal nos dentes esfoliados através do uso de corante, verificou-se uma maior penetração do corante na parede gengival nos dentes restaurados com resina composta, apresentando 1.73mm de média na penetração do corante e 0.35mm de média para o Vitremer, sendo a diferença estatisticamente significante. Nas avaliações realizadas neste estudo, verificou-se que o cimento de ionômero de vidro ) modificado por resina (Vitremer) apresenta condições favoráveis de desempenho clínico, radiográfico e menor microinfiltraçãomarginal em restaurações classe II de molares decíduos, no período avaliado, superando o desempenho da resina composta "condensável" (Solitaire). Unitermos: dentes decíduos, resina composta, cimento de ionômero de vidro, restaurações classe II
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.05.2002
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FOB11600015720P414a
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PEREIRA JÚNIOR, Edmêr Silvestre; BIJELLA, Maria Francisca Thereza Borro. Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações Classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta "condensável" em molares decíduos: dois anos de acompanhamento. 2002.Universidade de São Paulo, Bauru, 2002. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25133/tde-15032005-111841/ >.
    • APA

      Pereira Júnior, E. S., & Bijella, M. F. T. B. (2002). Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações Classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta "condensável" em molares decíduos: dois anos de acompanhamento. Universidade de São Paulo, Bauru. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25133/tde-15032005-111841/
    • NLM

      Pereira Júnior ES, Bijella MFTB. Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações Classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta "condensável" em molares decíduos: dois anos de acompanhamento [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25133/tde-15032005-111841/
    • Vancouver

      Pereira Júnior ES, Bijella MFTB. Avaliação do desempenho clínico, radiográfico e da microinfiltração marginal de restaurações Classe II com um cimento de ionômero de vidro modificado por resina e com uma resina composta "condensável" em molares decíduos: dois anos de acompanhamento [Internet]. 2002 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/25/25133/tde-15032005-111841/