Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo e comparação da eficiência de um inibidor de corrosão a base de compostos orgânicos para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HC1 10% (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BARRIOS, MONICA DE FATIMA GRANERO - EP
  • USP Schools: EP
  • Subjects: COMPOSTOS ORGÂNICOS; INIBIDORES DE CORROSÃO
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho tem por objetivo avaliar a eficiência de uma formulação comercial à base de compostos orgânicos conhecida comercialmente como Dodigen 213N (D-213N), como inibidor de corrosão para o aço carbono ABNT 1009 e para um aço de alta resistência e baixa liga, ABNT A606-4, em meio de ácido clorídrico 10% em massa. As técnicas empregadas no estudo foram: ensaios de imersão com medidas de perda de massa, medidas de potencial de corrosão, espectroscopia de impedância eletroquímica e curvas de polarização potenciodinâmicas anódicas e catódicas. Todos os ensaios foram realizados com a temperatura controlada em (50±1)°C, meio naturalmente aerado e eletrodo de trabalho estático. A faixa de concentração de D-213N estudada foi de 10⁻⁵M a 10⁻³M. Os resultados de perda de massa mostram que para os dois aços estudados a velocidade de corrosão diminui com o aumento da concentração do inibidor, atingindo uma eficiência superior a 93% para a concentração de 7x10⁻⁴M. O ajuste do grau de cobertura as isotermas de adsorção de Langmuir, Frumkin, Temkin e Flory-Huggins mostra que o filme adsorvido sobre a superfície do aço ABNT 1009 obedece às isotermas de adsorção de Langmuir, com coeficiente de determinação, R², igual a 0,97 e constante de adsorção de 2,6x10⁴M⁻¹ e a isoterma de adsorção de Frumkin, com R² = 0,80. Para o aço ABNT A606-4 foi considerada obediência às isotermas de adsorção de Langmuir, com R² = 0,91 e constante de adsorção igual a 1,6x10⁴M⁻¹ e a isoterma de adsorção de Flory-Huggins, com R² = 0,92.Os resultados obtidos pelas curvas de polarização potenciodinâmicas anódicas e catódicas mostram que o D-213N atua como inibidor misto de corrosão, e os espectros de impedância eletroquímica mostram que em baixas freqüências, a resistência à transferência de carga aumenta para concentrações crescentes de D-213N, fato que indica que o filme formado torna-se mais protetor. Para todas as técnicas estudadas os resultados confirmam que o D-213N atua como um eficiente inibidor de corrosão para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HCl 10%.
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 24.04.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200032371FD-3334
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BARRIOS, Mônica de Fátima Granero; GUEDES, Isabel Correia. Estudo e comparação da eficiência de um inibidor de corrosão a base de compostos orgânicos para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HC1 10%. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Barrios, M. de F. G., & Guedes, I. C. (2003). Estudo e comparação da eficiência de um inibidor de corrosão a base de compostos orgânicos para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HC1 10%. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Barrios M de FG, Guedes IC. Estudo e comparação da eficiência de um inibidor de corrosão a base de compostos orgânicos para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HC1 10%. 2003 ;
    • Vancouver

      Barrios M de FG, Guedes IC. Estudo e comparação da eficiência de um inibidor de corrosão a base de compostos orgânicos para os aços ABNT 1009 e ABNT A606-4 em meio de HC1 10%. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: