Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo da morfologia da interface de união em diferentes regiões de uma cavidade MOD (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOURA, SANDRA KISS - FO
  • USP Schools: FO
  • Sigla do Departamento: ODM
  • Subjects: ADESIVOS DENTINÁRIOS; MORFOLOGIA DENTÁRIA (ANÁLISE); RESISTÊNCIA DE UNIÃO (ODONTOLOGIA); MATERIAIS DENTÁRIOS; MICROSCOPIA ELETRÔNICA DE VARREDURA
  • Language: Português
  • Abstract: Esmalte e dentina são substratos dentários simultaneamente presentes na maioria das cavidades preparadas para restaurações adesivas, mas não há estudos sobre a morfologia regional das interfaces de união em uma mesma cavidade. Adesivos autocondicionantes incorporam a smear layer na camada híbrida e, conseqüentemente, as bactérias que porventura estejam presentes nela. Recentemente surgiu um adesivo autocondicionante com propriedades antibacterianas, conferidas pela adição de MDPB ao primer, mas ainda há poucas pesquisas sobre a morfologia da interface de união produzida por este material. Este estudo teve por objetivo analisar a morfologia de interfaces de união em diferentes regiões de cavidades MOD, através de microscopia eletrônica de varredura - MEV, em casos com adesivos autocondicionantes com ou sem MDPB. Como controle, foram usados dois adesivos de frasco único, cuja morfologia está amplamente descrita na literatura. Foram preparadas dezesseis cavidades Classe II em terceiros molares humanos hígidos, que foram restauradas com Z250 e um dos seguintes sistemas adesivos, aplicados segundo instruções dos fabricantes: ABF, Clearfil SE Bond, Single Bond e Prime & Bond NT. Após vinte e quatro horas de armazenamento em água destilada a 37ºC, os dentes restaurados foram seccionados em três planos de corte e preparados para análise em MEV, segundo o protocolo descrito por Montes et al. (2001). Também foram preparadas réplicas dos espécimes em resina epóxica. Amorfologia das interfaces de união apresentou diferenças dependendo da região observada e também do tipo de sistema adesivo. A presença de MDPB não alterou a morfologia da interface de união dos adesivos autocondicionantes. A morfologia das interfaces de união em esmalte revelou perfeita adaptação ao substrato para todos os produtos estudados
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 12.06.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FO11500009715T3.475
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOURA, Sandra Kiss; BALLESTER, Rafael Yague. Estudo da morfologia da interface de união em diferentes regiões de uma cavidade MOD. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23140/tde-07102003-115922/ >.
    • APA

      Moura, S. K., & Ballester, R. Y. (2003). Estudo da morfologia da interface de união em diferentes regiões de uma cavidade MOD. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23140/tde-07102003-115922/
    • NLM

      Moura SK, Ballester RY. Estudo da morfologia da interface de união em diferentes regiões de uma cavidade MOD [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23140/tde-07102003-115922/
    • Vancouver

      Moura SK, Ballester RY. Estudo da morfologia da interface de união em diferentes regiões de uma cavidade MOD [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/23/23140/tde-07102003-115922/