Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Análise da estrutura e funcionamento de reflorestamento de mata ciliar aos 18 e 28 anos após o plantio, no município de Cândido Mota-SP (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: PULITANO, FABIANA MARISE - EESC
  • USP Schools: EESC
  • Sigla do Departamento: SHS
  • Subjects: MATAS CILIARES; PROTEÇÃO AMBIENTAL; REFLORESTAMENTO
  • Language: Português
  • Abstract: A importância das matas ciliares para a manutenção de diversas funções ecológicas e hidrológicas, reconhecida a ponto de tais formações receberem proteção legal específica, não impediu que estas fossem destruídas indiscriminadamente durante o processo de ocupação do território brasileiro. Estima-se que, só no Estado de São Paulo, cerca de 600 mil hectares de áreas marginais aos corpos d'água encontram-se ocupados com outros usos que não a vegetação natural, necessitando, portanto, de ações de recuperação. Embora exista um número significativo de trabalhos de revegetação de áreas degradadas, principalmente em matas ciliares, poucos são os resultados de pesquisas sobre o desenvolvimento a longo-prazo de plantios de recomposição de mata ciliar. Nem os plantios mais antigos, aleatórios, e nem os mais recentes, baseados nos processos sucessionais, têm sido submetidos a análises que possibilitem avaliar a eficácia destes métodos de plantio na restauração da mata ciliar com sua forma e funções originais. O objetivo geral desta pesquisa foi o de avaliar a auto-sustentabilidade e as tendências sucessionais de uma mata ciliar implantada, com base em aspectos da estrutura e funcionamento da floresta em trechos de diferentes idades. Neste sentido avaliou-se a floresta existente atualmente, do ponto de vista da composição e estrutura da comunidade; caracterizou-se e quantificou-se o estrato regenerativo da floresta, visando compreender os processos de regeneração natural;caracterizou-se a sazonalidade da queda de folhedo através de sua quantificação periódica e sua contribuição para o retorno de nutrientes ao solo; caracterizou-se o solo sob a floresta, e comparou-se os resultados com área não reflorestada; comparou-se a floresta implantada com florestas naturais através dos parâmetros analisados: riqueza e diversidade florística do estrato arbóreo, densidade absoluta, densidade relativa, área basal, estratificação da floresta, similaridade florística, cobertura das copas, regeneração natural, características químicas do solo e produção e conteúdo de nutrientes no folhedo. Analisando-se as áreas reflorestadas como um todo, constata-se a existência de uma mata ciliar exuberante e fisionomicamente bem estruturada, cujo papel de proteção aos recursos hídricos e ao solo tem sido desempenhado de forma evidente. Alguns resultados obtidos são de extrema importância: no setor de 28 anos, 69% das árvores amostradas surgiram espontaneamente e apenas 31% são indivíduos plantados, demonstrando que está havendo um aumento natural da riqueza florística, o que prova que a natureza encarrega-se de perpetuar a floresta fazendo os "ajustes" necessários. Processos ecológicos como a dispersão de sementes e a regeneração natural estão incorporados na dinâmica florestal do local, podendo-se afirmar que a auto-sustentabilidade florestal da comunidade que se formou a partir do plantio de mata ciliar jáestá garantida. A hipótese deste trabalho foi confirmada pelos resultados obtidos: com o decorrer do tempo a mata ciliar implantada tende a se tornar cada vez mais semelhante à mata ciliar natural, em estrutura e função
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.03.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CRHEA31100109738TESE 4610 e.2
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PULITANO, Fabiana Marise; DIAS, Luiz Eduardo. Análise da estrutura e funcionamento de reflorestamento de mata ciliar aos 18 e 28 anos após o plantio, no município de Cândido Mota-SP. 2003.Universidade de São Paulo, São Carlos, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18112016-162032/pt-br.php >.
    • APA

      Pulitano, F. M., & Dias, L. E. (2003). Análise da estrutura e funcionamento de reflorestamento de mata ciliar aos 18 e 28 anos após o plantio, no município de Cândido Mota-SP. Universidade de São Paulo, São Carlos. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18112016-162032/pt-br.php
    • NLM

      Pulitano FM, Dias LE. Análise da estrutura e funcionamento de reflorestamento de mata ciliar aos 18 e 28 anos após o plantio, no município de Cândido Mota-SP [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18112016-162032/pt-br.php
    • Vancouver

      Pulitano FM, Dias LE. Análise da estrutura e funcionamento de reflorestamento de mata ciliar aos 18 e 28 anos após o plantio, no município de Cândido Mota-SP [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/18/18139/tde-18112016-162032/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: