Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação in vitro e in vivo de derivados da ftalimida sobre Leishmania (Viannia) braziliensis (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTOS, FRANSERGIO FRANCISCO DOS - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Subjects: LEISHMANIA BRASILIENSIS (ESTUDO IN VITRO); AVALIAÇÃO DE MEDICAMENTOS
  • Language: Português
  • Abstract: Leishmaniose é uma infecção determinada pelo protozoário do gênero Leishmania, que causa um impacto social e econômico elevado, sendo a segunda parasitose de maior incidência mundial, logo após a malária, atingindo uma população de cerca de 12 milhões de pessoas em todo mundo. É uma doença que ocorre em países de clima tropical e subtropical, produzindo lesões no tegumento (cutânea, cutâneo-mucosa, difuso) ou visceral, sendo responsável, por alto índice de morbidade e mortalidade humana em muitas áreas do mundo. Leishmania (Viannia) braziliensis é uma das espécies que causam lesões cutâneas de gravidade variada, podendo determinar deformidade facial do indivíduo parasitado e não tratado. Os medicamentos atualmente existentes para o tratamento dessa etiologia apresentam uma série de complicações ao homem, podendo ocasionar efeitos colaterais graves e desenvolvimento de resistência por algumas espécies do parasita. O presente trabalho teve como objetivo a avaliação da atividade biológica "in vitro" e "in vivo" de derivados da N-aminometilftalimida, sobre o parasita, uma vez que essa classe de substância já demonstrou possuir atividade sobre Trypanosoma cruzi, protozoário pertencente à mesma Família do gênero Leishmania. Os resultados "in vitro" sobre as formas promastigotas indicaram que os derivados da N-aminometilftalimida não demonstraram possuir atividade biológica, tão significativa quando comparados ao controle positivo (anfotericina B), que mostrou possuiratividade em todas concentrações propostas nesse trabalho. Entre os derivados, a substância que mostrou possuir maior atividade leishmanicida foi a (5) N-(-4- benzenosulfoniguanidil)aminometil-ftalimida na concentração de 250µg/mL, apresentando IC50 de 140µg/mL. Para as formas amastigotas "in vitro" os derivados não demonstraram possuir nenhuma atividade leishmanicida, perante essa forma do parasita. Nos ensaios "in vivo", os derivados também foram .. biologicamente inativos, quando avaliados pela via oral e intraperitoneal, para a administração das substâncias em análise. Apesar dos resultados negativos apresentados pelos derivados da N aminometilfltamindas nos ensaios biológicos "in vitro" e "in vivo", conseguimos adaptar e definir um meio de cultivo para formas promastigotas de L.braziliensis, diferenciado daqueles encontrados na literatura, o que poderá proporcionar um melhor conhecimento da biologia do parasito
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.06.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600008994Santos, Fransrgio Francisco d
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTOS, Fransérgio Francisco dos; ALBUQUERQUE, Sérgio de. Avaliação in vitro e in vivo de derivados da ftalimida sobre Leishmania (Viannia) braziliensis. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Santos, F. F. dos, & Albuquerque, S. de. (2003). Avaliação in vitro e in vivo de derivados da ftalimida sobre Leishmania (Viannia) braziliensis. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santos FF dos, Albuquerque S de. Avaliação in vitro e in vivo de derivados da ftalimida sobre Leishmania (Viannia) braziliensis. 2003 ;
    • Vancouver

      Santos FF dos, Albuquerque S de. Avaliação in vitro e in vivo de derivados da ftalimida sobre Leishmania (Viannia) braziliensis. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: