Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estudo dos polimorfismos das regiões hipervariáveis HV1 e HV2 do DNA mitocondrial da população brasileira aplicado a identificação humana (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CHEN, BETY - FCF
  • USP Schools: FCF
  • Sigla do Departamento: FBC
  • Subjects: ANÁLISE QUÍMICA DO SANGUE (APLICAÇÕES;ASPECTOS LEGAIS); DNA MITOCONDRIAL (ESTUDO;APLICAÇÕES); POLIMORFISMO (ESTUDO;APLICAÇÕES); BIOQUÍMICA CLÍNICA; QUÍMICA FORÊNSICA
  • Language: Português
  • Abstract: Com o intuito de avaliar os polimorfismos de mtDNA e demonstrar a diversidade genética na população brasileira, foram estudados 84 indivíduos não aparentados, 49 caucasóides e 35 negróides da região sudeste do Brasil. As amostras de sangue obtidas por punção digital foram acondicionadas em papel de filtro e o mtDNA extraído pelo método orgânico. Foram amplificadas as regiões hipervariáveis HVI a partir do nucleotídeo 16.051 até 16.365 e HV2 entre os nueleotídeos 71 e 340. O fragmento foi purificado e seqüenciado as fitas sense e antí-sense que posteriormente foram sobrepostas para confirmação. O resultados obtidos foram comparados com a seqüência de Anderson. Foram encontradas 108 posições contendo transições, 15 transversões, 11 deleções e 4 inserções. Nove regiões apresentaram duas variantes de seqüência polimórfica. A maioria das seqüências foi observada uma única vez e em 84 indivíduos foram observados 80 haplótipos distintos. O índice de diversidade genética e a probabilidade de semelhança, entre duas seqüências escolhidas ao acaso foram respectivamente de 0,9714 e 0,0286 para os negróides e de 0,9788 e 0,0212 para os caucasóides. Ao realizar análise p areada d os haplótipos, a média d e nucleotídeos diferentes entre a s seqüências foi de 14,36 ± 5,68 bases em um total de 3.486 pares comparados, indicando uma alta diversidade entre haplótipos nesta população. Os resultados demonstraram que o mtDNA é informativo para identificação humana e oconhecimento da freqüência dos haplótipos na população de interesse tem utilidade significativa na aplicação Forense, principalmente para se avaliar estatisticamente os resultados fornecendo maior precisão e exatidão e dados contundentes nas investigações
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 03.09.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100005527T 616.0756-9 C518e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CHEN, Bety; HIRATA, Mário Hiroyuki. Estudo dos polimorfismos das regiões hipervariáveis HV1 e HV2 do DNA mitocondrial da população brasileira aplicado a identificação humana. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19032015-095415/pt-br.php >.
    • APA

      Chen, B., & Hirata, M. H. (2003). Estudo dos polimorfismos das regiões hipervariáveis HV1 e HV2 do DNA mitocondrial da população brasileira aplicado a identificação humana. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19032015-095415/pt-br.php
    • NLM

      Chen B, Hirata MH. Estudo dos polimorfismos das regiões hipervariáveis HV1 e HV2 do DNA mitocondrial da população brasileira aplicado a identificação humana [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19032015-095415/pt-br.php
    • Vancouver

      Chen B, Hirata MH. Estudo dos polimorfismos das regiões hipervariáveis HV1 e HV2 do DNA mitocondrial da população brasileira aplicado a identificação humana [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/9/9136/tde-19032015-095415/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: