Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: CARDOSO, CARLOS ESTEVAO LEITE - ESALQ
  • USP Schools: ESALQ
  • Sigla do Departamento: LES
  • Subjects: COMPETIÇÃO ECONÔMICA (INDICADORES); FÉCULA; MANDIOCA; INDÚSTRIA AGRÍCOLA; ESTATÍSTICA; TECNOLOGIA AGRÍCOLA
  • Language: Português
  • Abstract: O estudo tem como objetivo diagnosticar a competitividade da cadeia de produção agroindustrial de fécula de mandioca, enfatizando o segmento de produção de matéria-prima e os determinantes do processo de inovação tecnológica. Especificamente, pretende-se identificar quais as principais restrições para melhorar a competitividade da cadeia; calcular um indicador de competitividade que relacione as variações de preços do produto e dos insumos, assim como as decisões estratégicas de políticas públicas e privadas; determinar como os investimentos em tecnologia têm influenciado os níveis de competitividade do segmento agrícola e identificar quais fatores explicam e determinam a trajetória tecnológica implementada na cadeia. Para atingir esses objetivos, utilizou-se um instrumental que permite realizar predições quantitativas dos efeitos da adoção de políticas públicas e de decisões gerenciais internas às firmas que atuam na cadeia. Essas predições foram baseadas num indicador de competitividade fundamentado no conceito de quase-renda, o qual foi estimado por meio de um modelo lógite ordenado. No estudo dos aspectos relacionados à tecnologia, além das abordagens que privilegiam os sinais de mercados, utilizaram-se aquelas que reconhecem a importância do caráter sistêmico e interdependente dos fatores determinantes da decisão de inovar. Com base nos resultados, pode-se concluir que a cadeia ainda não está suficientemente capacitada e organizada para transformar aspotencialidades identificadas em verdadeiras oportunidades de mercado. Têm concorrido para isso a trajetória tecnológica seguida e o desempenho econômico observado no segmento agrícola. Esse segmento apresentou-se marginalmente competitivo, ou seja, a quase-renda gerada não foi suficiente para remunerar os fatores de produção específicos, utilizados no processo de produção, pelo menos no nível do custo de oportunidade considerado. Os principais fatores e condicionantes que estão restringindo a competitividade relacionam-se aos aspectos do lado da demanda; a limitações tecnológicas, tanto do segmento agrícola como do de processamento e a fatores estruturais e sistêmicos. As possibilidades de melhorar a competitividade vinculam-se a ações do lado da receita, ou seja, aumentos na produtividade média e/ou nos preços. Embora a capacidade de os produtores intervirem, de forma isolada, na trajetória dos preços seja mais remota, os resultados alcançados sinalizam que a variável preço assuma maior relevância no processo. Portanto, as políticas que reduzem a instabilidade nos preços são as mais seguras como estratégia de intervenção. Nesse sentido, a adoção de relações mais harmoniosas, que valorizem a forte dependência entre os elos da cadeia, promoverá ganhos competitivos. Quanto aos determinantes da trajetória tecnológica, destacam-se: as características intrínsecas da cultura, que lhe conferem rusticidade e adaptabilidade a condiçõesambientais adversas; a possibilidade de utilizar fatores de produção de baixo custo de oportunidade; o grau de apropriabilidade dos retornos dos investimentos em geração de tecnologia; o fato de ser uma cultura sobre a qual a quantidade de pesquisa ainda é relativamente baixa; os limites impostos pelo paradigma tecnológico vigente; o nível de demanda interna por mandioca e derivados, que ainda vem sendo atendido por uma oferta praticamente associada aos sistemas de produção tradicionais e a inexistência de grupos de interesse vinculados ao setor mandioqueiro
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 28.08.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ESABC10500030183t338.1734 C268c e.2 82083
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      CARDOSO, Carlos Estevão Leite; BARROS, Geraldo Sant'Ana de Camargo. Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil. 2003.Universidade de São Paulo, Piracicaba, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04122003-151241/ >.
    • APA

      Cardoso, C. E. L., & Barros, G. S. 'A. de C. (2003). Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil. Universidade de São Paulo, Piracicaba. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04122003-151241/
    • NLM

      Cardoso CEL, Barros GS'A de C. Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04122003-151241/
    • Vancouver

      Cardoso CEL, Barros GS'A de C. Competitividade e inovação tecnológica na cadeia agroindustrial de fécula de mandioca no Brasil [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/11/11132/tde-04122003-151241/

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: