Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

A selva da seca: uma poética em infância de Graciliano Ramos (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MATTALIA, ELIANE JACQUELINE - FFLCH
  • USP Schools: FFLCH
  • Sigla do Departamento: FLC
  • Subjects: LITERATURA BRASILEIRA (CRÍTICA E INTERPRETAÇÃO); POESIA; MEMÓRIA AUTOBIOGRÁFICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho se propõe a ajudar a compreender a poética da prosa de Graciliano Ramos, tomando como ponto de partida a obra autobiográfica Infância, discutindo com a fortuna crítica conceituações de 'poético', 'lírico', 'estilo'/ 'prática poética' - e alguns vínculos históricos desta 'autobiografia ficcional' presa por suas raízes em solo brasileiro. A pesquisa precedente, em nível de Mestrado, "Infância de Graciliano Ramos: gênese textual (esboço de edição)", sobre fontes primárias (documentação de arquivo), embasa esta outra investigação que busca compreender a poética e o trabalho do escritor, visando a contribuir para a história da sua produção intelectual e artística, numa discussão que abraça o objeto literário enquanto canteiro de obras - enquanto vir-a-ser de criação literária e processo de escrita. Assim, tendo em vista iluminar aspectos dessa poética, o presente trabalho apresenta quatro partes. A Primeira Parte, precedida por uma Introdução, é constituída do ensaio A poesia na prosa, propõe uma leitura do lirismo na obra. A Segunda Parte, intitulada Percurso do escrito, compõe-se de três ensaios, que buscam enraizar tal produção numa biografia, em perspectiva histórica: I -"História de um livro: Infância" - resume, apoiando-se em depoimentos, o trabalho de elaboração do texto; II -"Em torno do livro, o 'cortejo' " (seguido do anexo "Primeiras críticas", transcrição de textos dos anos 1940, 1950) - reconstitui a recepção crítica da obra, àépoca de seu lançamento, fazendo um balanço daquela repercussão; III - "Roteiro biográfico" traz relato breve sobre a vida do escritor, em articulação com a leitura realizada. Na Terceira Parte, Uma poética da prosa, o ensaio "Introdução à arquitetura narrativa" avalia Infância enquanto forma autobiográfica; e as outras notas discorrem sobre foco narrativo e lirismo da prosa, )discurso indireto livre, estilo metonímico e alguns motivos poéticos em Infância. Na Quarta Parte, as Notas de leitura noticiam a análise interpretativa de alguns capítulos, centrando os resultados desse trabalho nas questões priorizadas pela pesquisa. Em anexo, dois capítulos suprimidos, um deles não concluído, outro, provavelmente destinado a integrar um segundo volume [Juventude] (em anexo, "Dois capítulos suprimidos"). As Considerações finais - A seiva do mandacaru - reiteram que a pesquisa leva em conta, de um lado, a natureza do trabalho crítico na área de literatura brasileira; de outro, o escritor e sua produção; o romancista da geração nordestina de 30, o realismo crítico e a narrativa autobiográfica escrita numa prosa em muitos momentos lírica. Escolhas poéticas, trabalho estilístico, lirismo e infância - são alguns temas fundamentais, ao lado da obra de Graciliano Ramos e de sua fortuna crítica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.10.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FFLCH21300130398T MATTALIA, E.J. 2003
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MATTALIA, Eliane Jacqueline; RONCARI, Luiz Dagobert de Aguirra. A selva da seca: uma poética em infância de Graciliano Ramos. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Mattalia, E. J., & Roncari, L. D. de A. (2003). A selva da seca: uma poética em infância de Graciliano Ramos. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mattalia EJ, Roncari LD de A. A selva da seca: uma poética em infância de Graciliano Ramos. 2003 ;
    • Vancouver

      Mattalia EJ, Roncari LD de A. A selva da seca: uma poética em infância de Graciliano Ramos. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: