Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Otimização da operação e projeto de estações de tratamento de efluentes líquidos industriais por lodos ativados (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: GOUVEIA, RICARDO DE - EP
  • USP Schools: EP
  • Sigla do Departamento: PQI
  • Subjects: TRATAMENTO DE ÁGUAS RESIDUÁRIAS; LODO ATIVADO; RESÍDUOS INDUSTRIAIS
  • Language: Português
  • Abstract: O presente trabalho teve por objetivo desenvolver metodologias para o projeto e operação ótimos de sistemas de tratamento de efluentes líquidos industriais, compostos essencialmente pelo sistema de lodos ativados e tanque de equalização, utilizando para isto parâmetros e variáveis usualmente medidas ou analisadas nestas estações. Foram desenvolvidos modelos matemáticos para avaliar as vantagens de se utilizar estações elevatórias como tanque de equalização auxiliares em indústrias que gerem efluentes de forma descontínua, com características físico-químicas variáveis e em setores distintos e passíveis de segregação, fazendo com que os mesmos operem de forma a prover uma melhor distribuição da carga orgânica a ser tratada pelo tanque de aeração ao longo do período de tratamento. Foi ainda otimizado o sistema de tratamento de efluentes de indústrias que operem com diversos processos produtivos em batelada ou semicontínuos e que gerem efluentes com características diversas. Este problema busca otimizar o sistema de tratamento de efluentes simultaneamente ao scheduling de produção, respeitando limites impostos referentes à capacidade do sistema de tratamento. Em seguida, foi desenvolvido um modelo matemático para avaliar a vantagem da distribuição das correntes de alimentação de efluentes no tanque de aeração em indústrias que possuam efluentes contendo substâncias inibidoras ao crescimento dos microorganismos. Nos casos mencionados, buscou-se otimizar o sistemaatravés da redução da massa de lodo descartada em função deste item apresentar grande influência no custo operacional do sistema de tratamento, além do fato de ser passível de redução através de ajustes operacionais ou estruturais relativamente simples. Em todos os casos avaliados observou-se ganhos significativos na redução do lodo a ser descartado. ) Em relação a metodologias de projeto, são propostos um modelo de otimização para projeto e operação simultâneos de uma estação de tratamento de efluentes por lodos ativados e um modelo de otimização destinado a avaliar as vantagens econômicas da implantação de um sistema de tratamento destinado ao reuso dos efluentes no processo industrial. Nestes últimos casos, o objetivo envolve a minimização dos custos de capital e operacionais
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 20.08.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    EPBC31200032641FT-1855
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GOUVEIA, Ricardo de; PINTO, José Maurício. Otimização da operação e projeto de estações de tratamento de efluentes líquidos industriais por lodos ativados. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Gouveia, R. de, & Pinto, J. M. (2003). Otimização da operação e projeto de estações de tratamento de efluentes líquidos industriais por lodos ativados. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gouveia R de, Pinto JM. Otimização da operação e projeto de estações de tratamento de efluentes líquidos industriais por lodos ativados. 2003 ;
    • Vancouver

      Gouveia R de, Pinto JM. Otimização da operação e projeto de estações de tratamento de efluentes líquidos industriais por lodos ativados. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: