Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Caracterização de uma nova ilha de patogenicidade em Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55 (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: ORDONEZ, JUANA ANA GISMERO - ICB
  • USP Schools: ICB
  • Subjects: PARASITOLOGIA
  • Language: Português
  • Abstract: Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55 é um enteropatógeno complexo composto por amostras de EPEC típicas e atípicas que constituem grupos geneticamente distintos com diferentes características de virulência. O grupo das EPEC atípicas inclui amostras pertencentes aos sorotipos O55:H- e O55:H7 que são bastante heterogêneas apresentando dois padrões distintos de adesão em cultura de células HEp-2, o padrão difuso de adesão (AD) e padrão de adesão localizado-like (ALL). Recentemente, KELLER et al. (2002) demonstraram que o padrão AD de amostras atípicas do sorotipo O55:H- é mediado por uma adesina fibrilar denominada EPEC Afa, 97% idêntica à adesina AfaE-1 descrita em amostras de E.coli associadas à infecção urinária (UPEC). Nesse estudo, a análise molecular de uma região cromossômica de 11,6 Kb da amostra 135/12 (sorotipo O55:H-) levou à identificação do operon EPEC afa responsável pela biogênese dessa fibrila bem como seqüências similares a integrases nas suas regiões adjacentes.) Essa análise, também revelou que operon EPEC afa insere-se no locus pheV considerado sítio de inserção de fagos, transposons e ilhas de patogenicidade. Esses dados, aliados à presença dessa adesina em amostras de EPEC e UPEC, sugeriram que esse operon estaria sendo transferido horizontalmente por algum elemento genético móvel. Com o objetivo de identificar esse provável elemento genético móvel foi construída uma biblioteca genômica de cosmídios da amostra135/12 e 7 cosmidios recombinantes foram selecionados para estudos moleculares. Os dados obtidos neste trabalho revelam que o operon EPEC afa é carregado por uma ilha de patogenicidade de aproximadamente 30 Kb inserida downstream ao gene que codifica o tRNA pheV, localizado no min 67 min do cromossomo de E.coli K-12. ) Essa ilha, além do operon EPEC afa, apresenta uma ORF que tem 96% de similaridade com o locus efa1, descrito em E.coli enterohemorrágica. Também foram identificadas seqüências de inserção (ISEc8) e uma integrase semelhante ao fago P4, considerados fatores de mobilidade comuns em ilhas de patogenicidade Esta nova PAI identificada na amostra 135/12 foi denominada PAI EPEC afa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 21.10.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    ICB12100012863T-ICB BMP QX G498c 2003
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      GISMERO ORDOÑES, Juana Ana; TRABULSI, Luiz Rachid. Caracterização de uma nova ilha de patogenicidade em Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Gismero Ordoñes, J. A., & Trabulsi, L. R. (2003). Caracterização de uma nova ilha de patogenicidade em Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Gismero Ordoñes JA, Trabulsi LR. Caracterização de uma nova ilha de patogenicidade em Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55. 2003 ;
    • Vancouver

      Gismero Ordoñes JA, Trabulsi LR. Caracterização de uma nova ilha de patogenicidade em Escherichia coli enteropatogênica (EPEC) do sorogrupo O55. 2003 ;