Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação da organização da assistência ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/AIDS no Brasil: análise de 322 serviços em 7 estados brasileiros (CE, MA, MS, PA, RJ, RS, SP) (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MELCHIOR, REGINA - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Subjects: SÍNDROME DE IMUNODEFICIÊNCIA ADQUIRIDA; ASSISTÊNCIA AMBULATORIAL; QUALIDADE DOS CUIDADOS DE SAÚDE
  • Language: Português
  • Abstract: Os resultados do Programa de Aids dependem da qualidade do cuidado prestado, especialmente no contexto de acesso universal à terapia tripla combinada de alto impacto (HAART). Este estudo objetivou avaliar a qualidade do cuidado de 322 serviços ambulatoriais que prestam cuidado a 72 por cento (87.000) dos pacientes brasileiros em uso da HAART. As equipes dos serviços responderam 112 questões estruturadas que descrevem as características do serviço prestado, disponibilidade de recursos e de gerenciamento. Grupos focais e estudo piloto em 20 serviços definiram o questionário. As respostas foram classificadas em 3 escores: zero (baixo), 1 (médio) e 2 (alto). Os serviços foram classificados de acordo com as médias de todas as variáveis e foram agrupados baseados na técnica "K-means Cluster Analysis". A análise foi validada por comparação com avaliação qualitativa realizada previamente em 27 serviços. O resultado mostrou médias altas nos indicadores de disponibilidades de medicamentos, teste laboratoriais e recursos humanos. Os indicadores mostraram que o processo do cuidado e a gerência técnica têm médias baixas. A média geral dos serviços foi de 1,128 (56 por cento do máximo), a menor foi 0,563 (28 por cento)e a maior foi 1,680 (84 por cento). A análise das K´Médias distinguiu quatro grupos de qualidade. O melhor grupo inclui 76 serviços (23,6 por cento), o segundo 53 (16,4 por cento), o terceiro 113 (35 por cento) e o pior 80(24,8 por cento). Estesresultados foram discutidos com administradores e profissionais do Programa de Aids. Eles serão usados para desenvolver um guia de condutas a ser disponibilizado pela Internet para ajudar os gerentes a monitorar a qualidade do cuidado em todo o país. (AU)
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.09.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800030027614.57 216
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MELCHIOR, Regina; BUCHALLA, Cássia Maria. Avaliação da organização da assistência ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/AIDS no Brasil: análise de 322 serviços em 7 estados brasileiros (CE, MA, MS, PA, RJ, RS, SP). 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Melchior, R., & Buchalla, C. M. (2003). Avaliação da organização da assistência ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/AIDS no Brasil: análise de 322 serviços em 7 estados brasileiros (CE, MA, MS, PA, RJ, RS, SP). Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Melchior R, Buchalla CM. Avaliação da organização da assistência ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/AIDS no Brasil: análise de 322 serviços em 7 estados brasileiros (CE, MA, MS, PA, RJ, RS, SP). 2003 ;
    • Vancouver

      Melchior R, Buchalla CM. Avaliação da organização da assistência ambulatorial a pessoas vivendo com HIV/AIDS no Brasil: análise de 322 serviços em 7 estados brasileiros (CE, MA, MS, PA, RJ, RS, SP). 2003 ;