Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Número de criptococos e percentual de gemulação como indicadores de gravidade nas meningites e meningencefalites causadas por Cryptococcus neoformans (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LISO, ELISABETE - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: CRYPTOCOCCUS NEOFORMANS; MENINGITE; MENINGOENCEFALITE
  • Language: Português
  • Abstract: Foi padronizado o método de percentagem de gemulação para o líquido cefalorraqueano (LCR). Foram avaliados os métodos, número de criptococos e percentagem de gemulação no LCR como indicadores de gravidade para meningite e meningencefalite causadas por Cryptococcus neoformans. Os dois métodos foram analisados considerando a evolução dos pacientes para o óbito ou para sucesso terapêutico. Valores elevados do número de criptococos e da percentagem de gemulação foram relacionados aos pacientes que evoluíram para o óbito, com significância estatística, permitindo indicá-los para avaliação de gravidade. Os dois métodos propostos são de fácil execução, rápidos e de baixo custo, representando apenas pequenas modificações de técnicas habituais da rotina do laboratório de LCR. O estudo foi realizado usando 680 amostras de líquido cefalorraqueano obtidas de 209 pacientes com o diagnóstico de meningite e meningencefalite causadas por Cryptococcus neoformans acompanhados no Hospital de Base de São José do Rio Preto no período compreendido entre janeiro de 1993 a dezembro de 2002
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 10.09.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200059711Liso, Elisabéte
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LISO, Elisabete; TAKAYANAGUI, Osvaldo Massaiti. Número de criptococos e percentual de gemulação como indicadores de gravidade nas meningites e meningencefalites causadas por Cryptococcus neoformans. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Liso, E., & Takayanagui, O. M. (2003). Número de criptococos e percentual de gemulação como indicadores de gravidade nas meningites e meningencefalites causadas por Cryptococcus neoformans. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Liso E, Takayanagui OM. Número de criptococos e percentual de gemulação como indicadores de gravidade nas meningites e meningencefalites causadas por Cryptococcus neoformans. 2003 ;
    • Vancouver

      Liso E, Takayanagui OM. Número de criptococos e percentual de gemulação como indicadores de gravidade nas meningites e meningencefalites causadas por Cryptococcus neoformans. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: