Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Estrutura e reatividade de íons '[CIND.2, HIND.5, S]POT.POSITIVO' em fase gasosa (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MORAES, PATRICIA RAMOS PEREIRA DE - IQ
  • USP Schools: IQ
  • Subjects: ESPECTROMETRIA DE MASSAS; ÍONS (ESTRUTURA); REAÇÕES QUÍMICAS (ESTUDO); ELETROQUÍMICA
  • Language: Português
  • Abstract: Este trabalho visa determinar a estrutura e a reatividade de íons '[CIND.2HIND.5S]POT.POSITIVO', fragmentos comuns em espectros de massa, através de reações íon-molécula em fase gasosa. Identificaram-se diferentes estruturas isoméricas, para íons com composição formal '[CIND.2,HIND.5,S]POT.POSITIVO', com reatividades distintas. Verificou-se que os íons '[CIND.2HIND.5S]POT.POSITIVO ]'obtidos por fragmentação do íon molecular do metiletilsulfeto reagem por três caminhos independentes com seu precursor neutro: a) abstração de hidreto; b) transferência de carga; c) transferência de próton. A cinética desta reação, estudada por ressonância ciclotrônica de íons por transformada de Fourier, sugere a presença de mais de um isômero do íon reagente. As reações de abstração de hidreto e transferência de próton são consistentes com as estruturas C´HIND.2'IGUAL'SPOT.POSITIVO'C'HIND.3' e C'HIND.3'CH=S'HPOT.3', respectivamente, enquanto que a reação de transferência de carga indica a presença do cátion tioetóxi ['CHIND.3''CHIND.2'SPOT.+'], estável apenas em estado triplete. Estudos usando C'DIND.3'S'CIND.2'HIND.5´ demonstram que a reação de transferência de carga é promovida por cátions formados a partir da quebra da ligação C-S. Cálculos indicam que durante este caminho de fragmentação há uma tendência de se formar um íon em estado triplete, no entanto, é a primeira vez que se demostra isto experimentalmente. Isolando individualmente cada um dos diversos isômeros,verificou-se que o íon sulfônio reage essencialmente por abstração de hidreto e/ou transferência de grupos metilênicos, enquanto que o tioacetaldeído protonado e o tiirano protonado reagem, principalmente, por transferência de próton. Dependendo da forma como os íons são obtidos (ionização química ou eletrônica), e das propriedades termoquímicas dos substratos, verifica-se que estes íons podem reagir por outros caminhos, provavelmente por um mecanismo de ) isomerização bimolecular. A observação de que é possível gerar íons 'CHIND.3''CHIND.2''SPOT.POSITIVO', no estado triplete, cuja vida média é de pelo menos centenas de milisegundos sugere a possibilidade da observação de outros cátions semelhantes
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 17.09.2003
  • Acesso online ao documento

    Online access or search this record in

    Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    CQ30100005728T 547.30873 M827e
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MORAES PATRICIA RAMOS PEREIRA DE,; RIVEROS, José Manuel. Estrutura e reatividade de íons '[CIND.2, HIND.5, S]POT.POSITIVO' em fase gasosa. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003. Disponível em: < http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-23032018-091422/pt-br.php >.
    • APA

      Moraes Patricia Ramos Pereira de,, & Riveros, J. M. (2003). Estrutura e reatividade de íons '[CIND.2, HIND.5, S]POT.POSITIVO' em fase gasosa. Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-23032018-091422/pt-br.php
    • NLM

      Moraes Patricia Ramos Pereira de, Riveros JM. Estrutura e reatividade de íons '[CIND.2, HIND.5, S]POT.POSITIVO' em fase gasosa [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-23032018-091422/pt-br.php
    • Vancouver

      Moraes Patricia Ramos Pereira de, Riveros JM. Estrutura e reatividade de íons '[CIND.2, HIND.5, S]POT.POSITIVO' em fase gasosa [Internet]. 2003 ;Available from: http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/46/46135/tde-23032018-091422/pt-br.php

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: