Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

IL-12 induz hipernocicepção mecânica mediada por endotelinas: via receptores ETB, em ratos (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MOLINA, RODRIGO OTOBONI - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RFA
  • Subjects: CITOCINAS; ENDOTELINAS; NOCICEPTORES; IMUNOLOGIA CELULAR
  • Language: Português
  • Abstract: O objetivo deste trabalho foi avaliar se a IL-12 apresenta efeito nociceptivo e se há participação de prostaglandinas, aminas simpatomiméticas, leucotrienos, citocinas pró-nociceptivas e endotelinas. Também foi avaliado se a migração leucocitária tem participação no processo de hipernocicepção mecânica inflamatória induzida pela IL-12. Os métodos utilizados para avaliar a hipernocicepção mecânica induzida pela IL-12 foram o teste de pressão constante na pata e o teste de pressão crescente. A IL-12 é uma citocina pró-inflamatória que possuí um papel crucial na indução da resposta imune TH1, que foi demonstrado in vitro e in vivo (Manetti e cols., 1993; Sypek e cols., 1993 e Heinzel e cols., 1993). O papel da IL-12 tem sido estudado no contexto da patogênese da AR, como também em outras doenças de pardão TH1, como diabetes, colites e encefalites. A Artrite Reumatóide (AR) é uma doença auto-imune caracterizada pela proliferação de células inflamatórias crônicas e que tem como sintomas a limitação dos movimentos e dor nas articulações. O sintoma de dores articulares e a presença de IL-12 levaram-nos a estudar a participação da IL-12 na hipernocicepção. Os resultados demonstraram que a IL-12 induziu hipernocicepção mecânica de maneira dose (3-30 ng/50µl/pata) e tempo-dependente (1-24h), com pico hiperalgésico na 5ª hora após a administração de IL-12. Com o intuito de avaliar quais os mediadores envolvidos no processo hipernociceptivo induzido pela IL-12, foramrealizados tratamentos com indometacina (inibidor de ciclooxigenases), atenolol (antagonis-ta ß- adrenérgico), MK 886 ( inibidor da síntese de leucotrienos) e antisoro anti-TNF- 'alfa', os quais não inibiram a hipernocicepção mecânica induzida pela IL-12. Excluindo assim, a participação de prostaglandinas, aminas simpatomiméticas, leucotrienos, citocinas pró-nociceptivas (TNF-'alfa'). O tratamento com dexametasona (glucocorticóide) inibiu ... a hipernocicepção mecânica induzida pela IL-12. Essa inibição pode ser explicado pela mecanismo de ação dos glucocorticóides atuando sobre o fator de transcrição NFkB, impedindo assim a indução de citocinas inflamatórias e síntese de recptores. No entanto, o pré-tratamento de animais com antisoro anti-TNF-'alfa' não inibiu a hipernocicepção mecânica Induzida pela IL-12, excluindo a participação desta citocina na hipernocicepção induzida pela IL-12. Glucocorticóides também apresentam um mecanismo de ação no qual eles inibem a síntese de moléculas de adesão impedindo a migração celular. Portanto, é plausível que o efeito antinociceptivo da dexametasona está relacionado com a inibição da migração celular. Para validar esta hipótese os animais foram tratados com fucoidina, que inibe a migração leucocitária pela ligação com a L-selectina, suportando nossa hipótese. A fucoidina foi efetiva na redução da hipernocicepção induzida pela IL-12. Sabe-se também que as endotelinas inibem a migração celular através damodulação do recrutamento de linfócitos e produção de citocinas (Sampaio e cols., 2000). O BQ 788 (antagonista de receptores ETB) foi efetivo em inibir a hipernocicepção mecânica induzida pela IL-12, mas não o BQ 123 (antagonista de receptores ETB), sugerindo a participação de receptores ETB. Para avaliar a participação da IL-12/ETs na nocicepção inflamatória induzida pelo lipopolissacarídeo (LPS), realizou-se o tratamento com anticorpo anti-IL-12. Este não inibiu a hipernocicepção mecânica induzida pelo LPS. Demonstrando assim, que não há participação de IL-12 neste modelo nociceptivo LPS. Os resultados apresentados são compatíveis com a hipótese de que a IL-12 é uma citocina pró-nociceptiva que induz hipernocicepção mecânica de maneira dose- e tempo-dependente, com mecanismo diferente de outras citocinas pró-nociceptivas. Seu efeito hipernociceptivo ocorre pela ... produção e/ou liberação de ETs, que exercem seus efeitos via receptores ETB, na indução da hipernocicepção mecânica induzida pela IL-12/ET-1. Por fim, tratamentos direcionados para IL-12/ET poderiam ser úteis no controle de quadros nociceptivos de patologias como a artrite
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 18.09.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200060260Molina, Rodrigo Otoboni
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MOLINA, Rodrigo Otoboni; CUNHA, Fernando de Queiroz. IL-12 induz hipernocicepção mecânica mediada por endotelinas: via receptores ETB, em ratos. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Molina, R. O., & Cunha, F. de Q. (2003). IL-12 induz hipernocicepção mecânica mediada por endotelinas: via receptores ETB, em ratos. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Molina RO, Cunha F de Q. IL-12 induz hipernocicepção mecânica mediada por endotelinas: via receptores ETB, em ratos. 2003 ;
    • Vancouver

      Molina RO, Cunha F de Q. IL-12 induz hipernocicepção mecânica mediada por endotelinas: via receptores ETB, em ratos. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: