Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Avaliação do eixo hipotálamo hipófise adrenal no transtorno do pânico (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: LEAL, CYBELE GARCIA - FMRP
  • USP Schools: FMRP
  • Sigla do Departamento: RNP
  • Subjects: TRANSTORNO DO PÂNICO; SISTEMA HIPOTÁLAMO-HIPOFISÁRIO (AVALIAÇÃO)
  • Language: Português
  • Abstract: O papel do eixo hipotálamo hipofisário adrenal (HHA) não está claro no transtorno do pânico (TP). A literatura, até o momento, aponta para a não ativação do eixo HHA nos ataques de pânico espontâneos. Resultados semelhantes são encontrados nos ataques de pânico induzidos por lactato de sódio e CO2 em pacientes e controles. O teste da simulação de falar em público (SFP) é um modelo de ansiedade incondicionada. Deakin e Graeff (J. Psychopharmacology, 5, 305-315, 1991) sugeriram, baseado nos efeitos de drogas que modificam a função serotonérgica neste teste, que o teste da SFP mobiliza estruturas cerebrais semelhantes as envolvidas nos ataques de pânico. O objetivo desse estudo foi avaliar a resposta do cortisol salivar ao teste da SFP e o ritmo circadiano do cortisol nos pacientes com TP. 21 pacientes com TP sintomáticos, 16 pacientes com TP assintomáticos e 17 controles, de ambos os sexos, participaram do estudo, O cortisol salivar foi medido no início da sessão, antes e após O, 15, 30 e 60 minutos do teste da SFP. A ansiedade subjetiva foi medida pela escala analógica visual do humor (VAMS). Também foi empregada a escala de sintomas somáticos (ESS). Os pacientes com TP sintomáticos apresentaram níveis de ansiedade e de sintomas somáticos maiores que controles durante toda a sessão. A ansiedade, o escore total da ESS e o cortisol salivar diminuíram da fase inicial para a fase pré teste, o que reflete uma habituação ao laboratório. O teste da SFP aumentou o fatoransiedade da VAMS e o escore total da ESS em todos os grupos diagnósticos. Porém o teste da SFP não aumentou o cortisol salivar em nenhum grupo. Não houve diferença entre os grupos em relação ao ritmo circadiano do cortisol salivar (concentrações das 11:00 pm 75% menores do que as concentrações das 9:00 am), que indica que os pacientes com TP não apresentam alteração do eixo HHA. Esses resultados mostraram que pacientes com TP ... sintomáticos apresentam um nível de ansiedade basal e de sintomas somáticos maiores que controles. O teste da SFP aumentou a ansiedade subjetiva sem aumento concomitante nas concentrações de cortisol salivar em nenhum dos grupos
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 26.08.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FMRP11200059583Leal, Cybele Garcia
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      LEAL, Cybele Garcia; GUIMARÃES, Francisco Silveira. Avaliação do eixo hipotálamo hipófise adrenal no transtorno do pânico. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Leal, C. G., & Guimarães, F. S. (2003). Avaliação do eixo hipotálamo hipófise adrenal no transtorno do pânico. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Leal CG, Guimarães FS. Avaliação do eixo hipotálamo hipófise adrenal no transtorno do pânico. 2003 ;
    • Vancouver

      Leal CG, Guimarães FS. Avaliação do eixo hipotálamo hipófise adrenal no transtorno do pânico. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: