Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Desenvolvimento e avaliação de uma forma farmacêutica de liberação sustentada contendo extrato padronizado de própolis para o tratamento de queimaduras (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: BERRETTA, ANDRESA APARECIDA - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Sigla do Departamento: S/Departamento
  • Subjects: FÁRMACOS; FARMACOTÉCNICA
  • Language: Português
  • Abstract: Nos últimos anos houve um crescente interesse no desenvolvimento de formas farmacêuticas de liberação sustentada e liberação controlada para uso oral, tópico e parenteral. Tensoativos não-iônicos são vastamente empregados como solubilizantes, emulsificantes, estabilizantes, umectantes e como sistemas de liberação em cosméticos e medicamentos. O copolímero não-iônico em bloco composto por polioxietileno- polioxipropileno foi empregado neste trabalho por apresentar rearranjo micelar em solução aquosa e produzir mudança na viscosidade em função da alteração da temperatura, sendo que este pode ser aquecido e esfriado sem prejuízo das suas propriedades. Tal forma farmacêutica termorreversível foi desenvolvida e avaliada. Pacientes queimados são particularmente susceptíveis à colonização bacteriana e infecção em função da ruptura física da pele normal e redução da imunidade celular. Assim, a fim de se obter uma proteção do sistema fisiológico exposto, alguns autores recomendam o uso de uma "pele artificial" nos pacientes queimados, protegendo desta forma frente aos agressores do meio externo. Atualmente, observamos um crescente interesse em produtos naturais de aplicação tópica. Muitos tipos de inflamações de pele, queimaduras e ferimentos estão sendo tratados com extrato de própolis. A própolis, uma resina coletada pelas abelhas de muitas fontes vegetais, teve as seguintes propriedades biológicas comprovadas: antioxidante, antiinflamatória, antibiótica,antifúngica, anticancer, dentre outras. O desenvolvimento de um sistema de liberação de fármacos para uso tópico se justifica nas queimaduras, uma vez que a aplicação e reaplicação de produtos constituem um processo doloroso. Neste trabalho foi desenvolvido e caracterizado este tipo de forma farmacêutica contendo própolis. Demonstrou-se que a substância marcadora da própolis neste trabalho, ... DPB (2,2-dimetil-6-carboxietenil-8-prenil-2H-1-benzopirano), se mostrou estável nas preparações estudadas (± 10%), sendo que as propriedades de termorreversibilidade dos géis foram mantidas. A caracterização reológica das amostras mostrou que elas apresentam comportamento viscoelastico com temperatura de geleificação para o Gel 02 e Gel 03 de, respectivamente, 10°C e 6°C. Os controles e o Gel 01 não apresentaram temperatura de geleificação nas condições estudadas. Os estudos de liberação in vitro demonstraram que as amostras apresentam cinética de ordem zero. Os resultados encontrados possibilitam os estudos de fase pré- clínica e dependendo dos resultados, também a fase clínica
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 30.10.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600007348Berretta, Andresa Aparecida
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      BERRETTA, Andresa Aparecida; MARCHETTI, Juliana Maldonado. Desenvolvimento e avaliação de uma forma farmacêutica de liberação sustentada contendo extrato padronizado de própolis para o tratamento de queimaduras. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Berretta, A. A., & Marchetti, J. M. (2003). Desenvolvimento e avaliação de uma forma farmacêutica de liberação sustentada contendo extrato padronizado de própolis para o tratamento de queimaduras. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Berretta AA, Marchetti JM. Desenvolvimento e avaliação de uma forma farmacêutica de liberação sustentada contendo extrato padronizado de própolis para o tratamento de queimaduras. 2003 ;
    • Vancouver

      Berretta AA, Marchetti JM. Desenvolvimento e avaliação de uma forma farmacêutica de liberação sustentada contendo extrato padronizado de própolis para o tratamento de queimaduras. 2003 ;