Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SANTAROSA, PRISCILA ROSSI - FCFRP
  • USP Schools: FCFRP
  • Sigla do Departamento: S/Departamento
  • Subjects: COSMETOLOGIA; MEDICAMENTO (ANÁLISE;CONTROLE); FÁRMACOS
  • Language: Português
  • Abstract: A prevenção contra a radiação solar com o uso de fotoprotetores ainda tem sido considerada o melhor método para redução dos danos resultantes desta exposição. Em vista disto, a obtenção de adequadas formulações contendo filtros solares e substâncias sinérgicas para obtenção de máxima proteção possível é de extrema importância, considerando que estas formulações têm sido praticamente o único recurso para a prevenção dos danos causados na pele quando ocorre exposição solar. Assim, a avaliação do emprego de substâncias sinérgicas, como antioxidantes de consagrado uso médico/ farmacêutico, em formulações fotoprotetoras é de fundamental relevância para a obtenção de produtos eficazes na prevenção dos possíveis danos da radiação solar ocasionados no tecido cutâneo e também, para a manutenção da saúde. Neste sentido, o presente trabalho teve por objetivo analisar a interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta, segundo metodologia descrita pela FDA para determinação do fator de proteção solar (FPS) in vivo. Os resultados obtidos nos experimentos foram analisados estatisticamente e pôde-se concluir que tanto a suplementação oral com L-ácido ascórbico e com N-acetil-cisteína como a aplicação tópica de ambos não proporcionaram proteção significativa contra o eritema avaliado visualmente nas condições experimentais desta pesquisa
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 08.12.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FCFRP10600009054Santarosa, Priscila Rossi
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SANTAROSA, Priscila Rossi; MAIA-CAMPOS, Patrícia Maria Berardo G. Interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Santarosa, P. R., & Maia-Campos, P. M. B. G. (2003). Interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Santarosa PR, Maia-Campos PMBG. Interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta. 2003 ;
    • Vancouver

      Santarosa PR, Maia-Campos PMBG. Interferência do L-ácido ascórbico e da N-acetil-cisteína administrados por via oral ou tópica sobre a dose mínima eritematosa de voluntários sadios submetidos à radiação ultravioleta. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: