Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Força da união à dentina de um cimento resinoso, usado na fixação de pinos de fibra de carbono, após o uso de brocas e diferentes substâncias no preparo intrarradicular (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: SILVA, RICARDO SOUZA DA - FORP
  • USP Schools: FORP
  • Sigla do Departamento: 805
  • Subjects: PRÓTESE; REABILITAÇÃO BUCAL; MATERIAIS DENTÁRIOS
  • Language: Português
  • Abstract: A recontaminação do sistema de canais radiculares durante os procedimentos de preparo do espaço para pinos pré-fabricados deve ser evitada, sob pena de falha do tratamento endodôntico. O uso de substâncias antimicrobianas durante o procedimento pode ser interessante. O objetivo deste estudo foi avaliar a força de adesão de um cimento resinoso utilizado na fixação de pinos pré-fabricados de fibra de carbono, quando utilizadas brocas e quatro diferentes substâncias para o preparo do espaço para pinos. Foram utilizados 40 caninos superiores humanos hígidos ou com mínimas restaurações coronárias. Estes dentes foram tratados endodonticamente, e nestes foram realizados preparos intrarradiculares de 10mm de profundidade, com as brocas número 2 de um sistema de pinos pré-fabricados de fibra de carbono. Em conjunto com estas brocas foram utilizadas diferentes substâncias. Para cada grupo de 10 dentes foi utilizada uma das seguintes substâncias: G1 -soro fisiológico, G2 -gel de clorexidina à 2%, G3 -EDTA 20,3% e G4-xilol. Após a fixação dos pinos com um sistema adesivo e cimento resinoso, os espécimes foram mantidos em 100% de umidade relativa até a inclusão em resina acrílica autopolimerizável. Em seguida, foram submetidos a forças de tração até serem desalojados. Os dados obtidos foram submetidos a análise de variância e aos testes complementares de Tukey e Scheffé. Os valores das médias obtidas, em Kgf, foram: G1 - 14,489; G2 - 22,919; G3 - 12,114 e G4 - 26,326. Apósa aplicação dos testes estatísticos os grupos do gel de clorexidina (G2) e do xilol (G4) obtiveram valores médios de força adesiva superiores, ao nível de 5% de significância, diferindo estatisticamente dos demais, porém, não diferindo entre si. O uso do gel de clorexidina tem a vantagem de possuir ação antimicrobiana, além de baixa toxicidade, fácil utilização e baixo risco de manuseio
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 27.06.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FORP11700006277Silva, Ricardo Souza da
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      SILVA, Ricardo Souza da; ANTUNES, Rossana Pereira de Almeida. Força da união à dentina de um cimento resinoso, usado na fixação de pinos de fibra de carbono, após o uso de brocas e diferentes substâncias no preparo intrarradicular. 2003.Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto, 2003.
    • APA

      Silva, R. S. da, & Antunes, R. P. de A. (2003). Força da união à dentina de um cimento resinoso, usado na fixação de pinos de fibra de carbono, após o uso de brocas e diferentes substâncias no preparo intrarradicular. Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto.
    • NLM

      Silva RS da, Antunes RP de A. Força da união à dentina de um cimento resinoso, usado na fixação de pinos de fibra de carbono, após o uso de brocas e diferentes substâncias no preparo intrarradicular. 2003 ;
    • Vancouver

      Silva RS da, Antunes RP de A. Força da união à dentina de um cimento resinoso, usado na fixação de pinos de fibra de carbono, após o uso de brocas e diferentes substâncias no preparo intrarradicular. 2003 ;