Ver registro no DEDALUS
Exportar registro bibliográfico

Vítimas de causas externas atendidas em serviço de urgência e emergência: subsídios ao desenvolvimento de sistema de informações (2003)

  • Authors:
  • USP affiliated authors: MESQUITA FILHO, MARCOS - FSP
  • USP Schools: FSP
  • Subjects: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO; ACIDENTES DE TRÂNSITO; VIOLÊNCIA; FERIMENTOS E LESÕES
  • Language: Português
  • Abstract: Objetivo. Causas externas de morbidade e mortalidade säo relevantes problemas de saúde pública no Brasil. Entretanto, suas características säo pouco conhecidas. Muita informaçäo é perdida por näo se colher dados em serviços de urgência/emergência. Säo objetivos deste estudo: elaborar e avaliar a ficha de notificaçäo destes agravos nesses serviços, testar seu fluxo e apresentar e discutir as informações coletadas. Materiais e métodos. Elaborou-se ficha de notificaçäo de causas externas que passou a ser testada. Primeiro através da avaliaçäo por especialistas, em seguida num estudo piloto com 25 pacientes em pronto-atendimento municipal de Pouso Alegre, MG. Numa etapa seguinte foi preenchida para 380 pacientes entre fevereiro e junho de 2003, procedendo-se a coleta definitiva dos dados e estabelecendo-se seu fluxo. Efetuou-se reentrevista no domicílio de 73 destas vítimas além de 44 outros que foram atendidos por outros problemas. Resultados. A ficha de notificaçäo foi facilmente preenchida num período normalmente de cinco minutos, com grande aderência pelos profissionais responsáveis. A proporçäo bruta de concordâncias ficha/reentrevista oscilou entre 86 por cento e 100 por cento. Utilizando-se o índice KAPPA, indicadores como agressões e alta tiveram um desempenho de pior qualidade (#61547;= 0,37 e 0,34). Os demais mantiveram concordância entre 0,68 e 1,00. Ajustando-se este índice para viéses e pela prevalência passou-se a uma variaçäo entre 0,73 e 1,00 para todasas variáveis. O fluxo da ficha näo apresentou problemas. Os agravos mais atendidos foram outras causas externas (72,9 por cento), acidentes de transportes (13,7 por cento). A incidência em homens foi maior que em mulheres (2,4 : 1,0), a maioria das vítimas era menor de 40 anos (77,6 por cento), o local de maior ocorrência foram residências (40,3 por cento), nos fins de semana (47,9 por cento), de 12:00 e 17:59 h (52,1 por cento). Ferimentos (em 72,6 por cento
  • Imprenta:
  • Data da defesa: 13.11.2003

  • Exemplares físicos disponíveis nas Bibliotecas da USP
    BibliotecaCód. de barrasNúm. de chamada
    FSP11800030135614.0003 103
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      MESQUITA FILHO, Marcos; MELLO JORGE, Maria Helena Prado de. Vítimas de causas externas atendidas em serviço de urgência e emergência: subsídios ao desenvolvimento de sistema de informações. 2003.Universidade de São Paulo, São Paulo, 2003.
    • APA

      Mesquita Filho, M., & Mello Jorge, M. H. P. de. (2003). Vítimas de causas externas atendidas em serviço de urgência e emergência: subsídios ao desenvolvimento de sistema de informações. Universidade de São Paulo, São Paulo.
    • NLM

      Mesquita Filho M, Mello Jorge MHP de. Vítimas de causas externas atendidas em serviço de urgência e emergência: subsídios ao desenvolvimento de sistema de informações. 2003 ;
    • Vancouver

      Mesquita Filho M, Mello Jorge MHP de. Vítimas de causas externas atendidas em serviço de urgência e emergência: subsídios ao desenvolvimento de sistema de informações. 2003 ;

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI: